Meu DarkCrush 💗

segunda-feira, setembro 12, 2016

Não é de hoje que sou fã da Editora DarkSide. Sempre ressaltei a qualidade gráfica dos livros, além do conteúdo e das obras que escolhem. Tendo livros que abalam nossas estruturas, que nos fazem viajar por terras misteriosas ou que nos relembram clássicos do cinema, seus livros figuram entre os meus favoritos. Mas hoje o assunto é sobre o meu livro favorito da editora e, honestamente, que dificuldade escolher um só! Foi por isso que escolhi dois.

DarkCrush



O primeiro livro da DarkSide que comprei e resenhei aqui no Saga foi Os Gonnies. Cresci assistindo a esse filme na Sessão da Tarde e adorava cada minuto em que aqueles garotos partiam em uma aventura para tentar salvar suas casas e suas amizades. Crianças e adolescentes, meninas e meninos, cooperando e trabalhando juntos para encontrarem um tesouro. Meu livro é aqueles com brochura simples, mas muito rico de conteúdo, imagens do filme e recortes de jornal falando sobre a prisão dos Fratelli e do tesouro encontrado pelos garotos.

Mas não foi até A Menina Submersa que percebi que a DarkSide estava apostando em obras que eu, dificilmente, veria em outras editoras, digamos, convencionais. Foi com esse livro, que não é uma leitura fácil, devo dizer, que percebi a aposta diferente e diversificada da DS. Isso se confirmou com várias outras obras como Confissões do Crematório, o box Serial Killers, O Exterminador do Futuro, The Kiss of Deception e por aí vai.

De todos os livros da DarkSide que li - e já são 23 - dois deles mexeram muito comigo.

💗 O Último Adeus, de Cynthia Hand
O livro fala de suicídio e de como as pessoas que ficaram precisam lidar com ele. Isso mexeu muito comigo porque uma amiga minha tomou essa decisão e até hoje eu não sei porque. Apesar de ter algumas suspeitas, sua ação me chocou muito e até hoje penso se havia algo que poderia ter feito. É difícil você tentar refazer seus passos para saber onde falhou, como poderia ter ajudado e se teria feito isso a tempo. O livro aborda todas essas questões, portanto não é uma leitura fácil.
Resenha

💗 Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty
Quando recebi o livro, estava ansiosa para ler, claro, pensando nos casos bizarros que alguém veria por trabalhar em um crematório. Mas o livro é muito mais que isso e foi uma surpresa bem-vinda. A autora questiona a forma como lidamos com a morte, como a indústria se aproveitou desse medo e repulsa que temos dela para lucrar com procedimentos inúteis, escondendo a morte de nós como se fosse um grande tabu. Não consegui ainda derrubar todos os tabus sobre morte que tenho, e nem é uma tarefa fácil pensar na nossa própria mortalidade, porém o livro contribui para que você ao menos repense uma série de posturas.
Resenha

Livros têm diferentes funções. Instruir, inspirar, divertir, fazer pensar, impactar. Fico sempre muito feliz quando encontro livros que conseguem fazer tudo isso. Espero poder reler estes livros em breve.

E você, tem um DarkCrush com a DarkSide? Deixe nos comentários! Use a tag #darkcrush em fotos e postagens nas redes sociais.

Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris