Ficção científica para iniciantes

segunda-feira, maio 09, 2016

"Syb, eu nunca li ficção científica, o que você pode me indicar??" ou "Li Tal Autor e não curti, o que você me indica?. Essas são perguntas comuns que aparecem aqui pelo blog ou pelas redes sociais. Encontro muita gente traumatizada por ter lido livros de FC que não curtiram ou que nunca encararam FC como uma literatura que valesse à pena ler, que não a achavam "séria". Existem algumas obras que sempre indico para quem quer começar (ou recomeçar) e achei que era melhor colocar tudo numa lista só e quem sabe ajudar outras pessoas a comprar uma passagem na nave-mãe e assim embarcar na ficção científica.





Essas indicações são pessoais. Essa não é uma lista definitiva de todo o universo conhecido, espero que ela sirva mais como uma inspiração, nada aqui é fechado e estanque, ok? Existem muitos bons livros em inglês que, infelizmente, não foram traduzidos para o português, então me atentei apenas para livros que já existam no mercado brasileiro ou de autores nacionais.

São livros que estão antenados com a ficção científica contemporânea, que tratam de temas atuais, cuja narrativa flui bem ou que têm importância estratégica para a FC. Não encare como uma ofensa pessoal se o seu livro preferido não estiver aqui, pois essa lista é para quem está traumatizado ou nunca pegou FC para ler. Justamente por isso que os temas e os estilos narrativos são variados.

Não tem ordem de preferência, fui lembrando e colocando. Pega na minha mão e vem!

O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams
Um livro curto, pequeno e divertido, que agregou fãs no mundo todo e ganhou lugar cativo entre os grandes clássicos de FC. Não espere seriedade aqui, é uma obra que viaja na maionese, com situações absurdas, mas que traz tudo o que muitas ficções científicas possuem e o que foi cristalizado na mente do público, como viagens espaciais e alienígenas. Não entre em pânico! Carregue sempre uma toalha e leia!

As Crônicas Marcianas, de Ray Bradbury
Recomendo aqui a graphic novel, da Globo Livros, que é a edição que eu tenho. Gostei muito dessa versão e a obra de Bradbury é uma referência na área. Aí você pode pensar "ahh, mas a gente sabe que em Marte não tem civilizações avançadas!", e eu digo pra você que As Crônicas Marcianas não são sobre marcianos, são sobre a humanidade. Por isso que vale à pena.

A Torre Acima do Véu, de Roberta Spindler
Ficção científica nacional e de qualidade, o livro fala sobre uma névoa estranha e tóxica que cobriu toda a superfície do planeta. A solução para os sobreviventes foi se refugiar no topo dos prédios mais altos. Um novo modo de vida e de urbanizar surge desta forma e é genial ver como a sociedade foi estratificada nos edifícios. Roberta tem uma narrativa tranquila, personagens cativantes e um mistério te aguardando.

Trilogia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins
Muita gente torce o nariz, porém eu indico Jogos Vorazes para todo mundo ler. Não adianta ler uma distopia juvenil com preconceito, você pode perder uma grande oportunidade de ver o mundo pelo olhar dos jovens. A grande sacada aqui é a forma como a Capital controla a população: ela criou um jogo cruel para onde se mandam crianças e adolescentes e apenas um sobrevive. Ditadura, indústria do espetáculo, opressão, miséria e estratificação da sociedade em distritos. Vale à pena!

O Homem Bicentenário, de Isaac Asimov
Este é o meu livro favorito de Asimov, que traz profundas reflexões sobre a humanidade. Um robô consciente segue em uma jornada para ser reconhecido como humano, o que nos leva a questionar o que nos torna humanos e quais as implicações que máquinas conscientes gerarão ao começarem a questionar seus direitos ou a falta deles. É um livro curto e rápido, mas cheio de significado.

Guerra do Velho, de John Scalzi
Os fãs de batalhas espaciais podem investir em John Scalzi. Guerra do Velho é o primeiro de uma série bem famosa e lucrativa do autor, onde aos 75 anos você se alista e vai lutar no espaço. O segredo que o aguarda lá fora é incrível e a promessa de serem rejuvenescidos leva muitos idosos a topar a aventura. A narrativa do Scalzi é leve, bem humorada, com grandes cenas de batalha e ação e com personagens que não são carregados em estereótipos. Duvido que alguém consiga desgostar de Guerra do Velho. E aguarde novos lançamentos do autor, porque vale à pena.

Frankenstein, Mary Shelley
Muitas pessoas têm uma impressão errada deste livro. Primeiro é que acham que se trata de um livro de terror e segundo que ele tem uma linguagem difícil devido à época em que foi escrito. Eu li a versão da Martin Claret, aquela versão pocket mesmo e não tive nenhuma dificuldade com relação à linguagem. Mas ele é um romance gótico, com um enredo desenvolvido a partir da perspectiva de uma terceira pessoa. Recomendo fortemente por ser o primeiro livro de ficção científica moderna.

O Conto da Aia, de Margaret Atwood
Este é um dos mais importantes livros da ficção científica e parece estar perdido no limbo literário, porque dificilmente ele entra em listas obrigatórias. É uma distopia do ponto de vista do universo das mulheres dominado por uma sociedade fundamentalista cristã. Margaret Atwood disse que não colocou nada neste livro que já não existisse no mundo real, o que é assustador de pensar, pois a protagonista passa por todo tipo de horror, desde de perder marido, filha e direitos básicos, até a ser usada apenas para reprodução. Narrativa bastante densa para quem curte.

Lua de Larvas, de Sally Gardner
Este livro é uma distopia e parece enganosamente simples. É também um livro pequeno, daqueles que a gente devora em, no máximo, dois dias, de acordo com a velocidade de leitura de cada um. Temos um mundo totalitário e opressor, onde um garoto com dislexia vive com o avô e sofre com bullying na escola. Seu melhor amigo é quem o tira deste mundo cinza e cruel. Difícil segurar as lágrimas no final. A narrativa casou bem com a juventude dos personagens, você vai ler super rápido.

Dezoito de Escorpião, de Alexey Dodsworth
Mais um autor nacional, só que esta não é uma distopia. Nem sei bem como classificar, seria um romance planetário? O livro é dividido em três partes, mas trata basicamente da descoberta da estrela Dezoito de Escorpião, que é igual à nossa. Em paralelo a isso temos pessoas que sofrem com uma hipersensibilidade eletromagnética, que acaba sendo um transtorno para a qualidade de vida das pessoas. Até que alguém oferece uma solução para isso. Narrativa fluída, fácil, gostosa de levar.

LEMBRANDO que são sugestões. Faça suas adaptações se necessário.

Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

12 comentários

  1. Peguei varias dicas e já conhecia outras tantas. Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, alguns já li, outros vou atrás.

    ResponderExcluir
  3. Há uns 3 anos baixei um ebook nacional de FC, era uma antologia de contos, me lembro de alguns: um era sobre um astronauta deixado em um planeta; outro sobre uma praia fluorescente; sobre uma coisa dentro do cérebro de um homem; sobre uma mulher linda e vaidosa que vê uma pequena espinha deformar um lado de seu corpo; outro sobre um homem que foi devorado por uma "parte" de uma mulher; haviam outros dos quais não me lembro. Queria muito encontrar esse livro novamente, será que consegue me ajudar? Curto mto seu blog, ta de parabéns... Quero ver mais DOCTOR WHO por aqui...VLW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não assisto Dr. Who nem conheço esse livro que você mencionou.


      Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Literatura em FC é algo que nunca li muito - diria que quase nada. Recentemente me propus a ler mais deste gênero. Comecei com "Admirável Mundo Novo" e gostei bastante. Depois li "A mão esquerda da escuridão", da Ursula Le Guin, e já não curti muito. Isso mostra como o gênero é variado e pode ter algo que agrade a todos os gostos! Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Mão Esquerda da Escuridão é um livro que nem eu gosto muito, apesar de achar a proposta muito boa. =)

      Excluir
  5. Boa lista, anotei algunas que não conhecia. Até me empolguei, e, se me permite, uma listinha pessoal de alguns que considero imprescindíveis em qualquer estante de FC:

    - Duna, Frank Hebert: Cria um universo tão rico e detalhado que, quando foi lançado teve quem achasse que era uma religião, não um livro.
    - Neuromancer, William Gibson: Meio hard para iniciantes, mas é tão contemporâneo e adiantou tantos temas atuais que se torna quase obrigatório.
    - Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley: escolha meio óbvia, mas pra mim é definitivamente a distopia que mais se concretizou de verdade no nosso dia a dia. A dominação total de pessoas que querem ser dominadas.
    - Um Estranho numa Terra Estranha, Robert Heinlein: livro de cabeceira da contracultura dos anos 60, tem um tom crítico e debochado muito interessante, principalmente em um personagem que parece ser o alter ego do autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bernardo, esses livros são sim ótimos e clássicos. Só que não são indicados para iniciantes, que é a proposta do post.

      Excluir
    2. Concordo, Sybylla, indiquei esses mais na empolgação mesmo, talvez quando a pessoa tiver mais familiaridade com o gênero... Aproveitando, parabéns pelo blog, é tão raro blogs bem escritos sobre literatura em geral, quanto mais sobre ficção científica, esse nicho discriminado mas que tem leitores tão apaixonados.

      Excluir
  6. Tenho q ler suas indicações, por que li Jogos Vorazes e gostei muito, e li por sua causa. Só que eu tendo a gostar mais de assistir ficção científica, por que acostumei muito a imaginar fantasia e tem coisas que eu n consigo visualizar, mais por falta de costume, então acaba que tem um tipo de fc q n rola pra mim.
    Botei Dezoito de Escorpião e A Torre Acima do Véu na wishlist já e vou ler assim que der uma parada na vida.

    ResponderExcluir
  7. amo vc, seu blog, sua inteligência, suas indicações, seus tweets; o mundo eh melhor pq vc existe... ainda pretendo mergulhar fundo em todos os livros e textos que vc indica, bjos, querida!

    ResponderExcluir
  8. Muito boa a lista, só confirmou minha vontade de ler alguns destes livros. Sugeriria também o livro A Hospedeira de Stephenie Meyer que conta a a história de uma raça alienígena que viaja pelos planetas ocupando-os, tudo sem guerras pois eles são parasitas que se apossam da mente dos seres.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris