Resenha: Trilogia Star Wars, de George Lucas, Donald F. Glut e James Kahn

sábado, dezembro 27, 2014

A última resenha do ano, aew!! Esperei para resenhar a trilogia até os 45 do segundo tempo porque queria rever os filmes para fazer as comparações. Os fãs de Star Wars não podem deixar de ter este livro na estante, pois além da edição ser uma maravilha, caprichada como só a DarkSide consegue fazer, ele é um registro bem fiel dos filmes da trilogia original, tendo alguns extras e mais explicações.



O livro

A editora DarkSide juntou os três livros - Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi - é uma só edição. E como é de praxe para esta editora, o livro ficou no capricho. É o tipo de edição de colecionador que você tem que ter na estante.



Uma Nova Esperança

Assim como outras franquias, o livro foi lançado pouco antes da estreia nos cinemas, em 1977. Mas o título era Star Wars: As Aventuras de Luke Skywalker, onde estavam todos os personagens conhecidos do enredo: as tropas imperiais tinham em mãos uma arma poderosa, capaz de destruir planetas, a Estrela da Morte, e enquanto isso Luke levava sua vidinha pacata em Tatooine. O livro saiu com o nome de George Lucas como autor, mas na verdade foi escrito pelo conhecido Alan Dean Foster, que foi o ghostwriter.

O livro tem uma narrativa mais direta, sem muitos floreios, quando comparado com os outros dois. Isso pode desagradar alguns leitores. Mas é detalhado, temos uma melhor visão de alguns personagens, como Obi-Wan Kenobi. Os eventos que vemos nos filmes seguem de maneira bem fiel aos eventos do livro.


O Império Contra-Ataca
Este foi o livro que mais tive dificuldade. Ele é mais arrastado, meio chatinho até. Enquanto o filme tem mais ritmo, a narrativa não segue essa linha. O autor trabalhou com Lucas no roteiro, mas não participou da produção do longa. As edições anteriores acabaram com diferenças entre filme e livro, mas as edições brasileiras conseguiram sanar essa dificuldade. Ele foi lançado simultaneamente com o filme, vindo na esteira do sucesso do primeiro longa.

Três anos após à destruição da Estrela da Morte, a Aliança Rebelde luta contra as tropas imperiais. Luke segue para Dagoba a pedido de Obi-Wan, enquanto Leia e Han tentam fugir da captura pelas tropas de Darth Vader, que parece mais um cachorro perdigueiro atrás da trupe. Han acaba em carbonita e temos o famoso diálogo, que marcou toda uma geração.

_ Eu sou seu pai.
_ Nããããããããão!!


O Retorno de Jedi
O filme chegou aos cinemas em maio de 1983, com o livro saindo cerca de um mês depois. Temos uma narrativa menos truncada e aos tropeços, ela flui melhor do que no segundo livro, mas não é tão direta e reta como o primeiro livro. Os personagens estão melhor trabalhados, bem como os cenários. Mas ainda não temos aquela profundidade neles. Suas angústias não estão visíveis, nem são o que mais importa aqui. O momento decisivo para a Aliança Rebelde se aproxima: ou eles derrubam o imperador, ou são destruídos.

O livro tinha o título original de A Vingança de Jedi, porém como explicou George Lucas, um jedi não se vinga, pois esta é uma característica dos sith. O retorno do jedi é uma forma de mostrar que, para combater o lado sombrio da Força, era preciso seguir o caminho da retidão e da disciplina jedi.


Ficção e realidade

O timing para esta publicação e outras mais relacionadas à Star Wars não é à toa. Somente este ano temos O Caminho Jedi, O Livro dos Sith, Trilogia Star Wars e Star Wars: Herdeiro do Império, um ano antes do lançamento de Star Wars Episode VII - The Force Awakens, em dezembro de 2015. Depois da venda da Lucasfilm para a mega empresa de entretenimento Disney, foi anunciado que uma nova trilogia seria filmada, completando nove filmes, como era o plano original de George Lucas.

Mas o que deixou muitos fãs decepcionados é que o universo expandido da saga não será utilizado nesta nova trilogia. E depois do que JJ Abrams fez com Star Trek, muita gente está bastante preocupada com o que vai acontecer. Sou sempre a favor de novas versões de filmes, mas que sejam bem feitas e apesar de ter gostado da trilogia mais nova de Star Wars e de Star Trek 2009, tenho medo do que ele pode fazer com este filme novo.

Pontos positivos
Star Wars
Ação espacial
Enredos bem trabalhados
Pontos negativos
Alguns capítulos arrastados
Personagens rasos ou mal descritos

Título: Trilogia Star Wars
Título original: Star Wars
Autor: George Lucas (Alan Dean Foster), Donald F. Glut e James Kahn
Editora: DarkSide
Páginas: 528
Onde comprar: Amazon

Avaliação do MS?
Acho que nem preciso dizer que qualquer fã de Star Wars não pode deixar de ter este livro na sua estante. A editora está, mais uma vez, de parabéns pelo capricho com a edição. Encontrei um erro ou outro de digitação, mas nada que atrapalhe a leitura. No começo de cada obra temos uma pequena introdução sobre como ela foi concebida, menos em O Retorno de Jedi. Uma obra de referência, uma homenagem à uma das maiores sagas da ficção. É obrigatório ter.

Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris