Resenha: Tina - Respeito, de Fefê Torquato

A Tina é uma das minhas personagens preferidas da Turma da Mônica! Assim como praticamente todas as crianças da minha geração, cresci lendo os quadrinhos da turminha e nas férias era sagrado comprar o Almanacão de Férias e passar as semanas seguintes devorando a edição, fazendo suas atividades. As edições do selo Graphic MSP dão um fôlego e um formato novos para personagens que amamos tanto e a Tina recebeu um dos melhores quadrinhos desta coleção!



O livro
A personagem da Tina foi criada ainda na década de 1970, uma personagem de pegada mais hippie, cheia de gírias, que representava a juventude da época. Ao longo do tempo Tina mudou muito de aparência e de atitudes, muitas vezes representada de maneira sensual, com curvas acentuadas, ainda que fizesse boas discussões para os jovens leitores da Turminha.

Resenha: Tina - Respeito, de Fefê Torquato

Aqui temos uma Tina recém formada em jornalismo. Ela deixa a vida de freelancer e consegue emprego em uma agitada redação, onde convive com outros novatos, além de várias lendas do jornalismo que ela tanto admira. Tina é famosa por seu blog e por sua newsletter, mas sabe que vai precisar ralar bastante para encontrar o seu lugar no novo emprego.

Tal como muitas jovens que estão se aventurando a morar sozinhas, a trabalhar, ela tem dúvidas, tem medos e enfrenta dificuldades que toda mulher conhece, como a de andar sozinha tarde da noite. Eis então que uma colega a convida para dormir na sua casa, já que é mais perto. Este quadrinho aborda outro tema recorrente nas vidas das mulheres, que é o assédio e o faz de uma maneira humana, direta e com um final bastante recompensador.

Pipa e Rolo, grandes amigos de Tina de outras edições, aparecem brevemente, mas ainda mostrando que a amizade do trio se manteve mesmo com o emprego de cada um. Esta Tina me pareceu muito mais real e próxima da minha realidade do que a Tina que eu lia nos quadrinhos da turminha. Não só o enredo é muito próximo da realidade de muitas jovens mulheres, mas a representação de Tina, Pipa, Rolo e outras personagens ao longo dos quadros são muito reais, fluídas, lindamente coloridas e aquareladas. Você não cansa de ler em nenhum momento.

Cena de Tina, Rolo e Pipa

Torquato não explora com profundidade as consequências dos atos de Tina diante do quadro de assédio enfrentado, mas o foco da história é Tina, não as consequências. Nós lemos uma amostra do que ela sofre nas mensagens que recebe nas redes sociais, no celular e vemos que ela ainda terá que lidar com isso, por mais que tenha saído por cima da situação. Se isso não é mostrado é porque a gente já sabe que virá de qualquer jeito, o foco é na vitória da Tina, não na reação do público.

Junto de Pavor Espaciar e Louco, Fuga, esta é uma das edições da Graphic MSP mais queridas para mim. Está tudo perfeito, as cores, o tema, o final. E claro, como sempre nas edições da GMSP, no final, temos extras, contanto sobre a produção do quadrinho e a história da Tina e sua criação.

Minha edição é de capa dura, mas tem capa comum à venda.


Ficção e realidade
A autora trabalhou tão bem a questão do assédio no quadrinho que acredito que ele possa servir de modelo para outros artistas que queiram trabalhar o tema. Assédio tem sido pauta recente, principalmente com a condenação de Harvey Weinstein e trabalhar o assunto com um público jovem, tal como Tina, serve para mostrar que essas atitudes são condenáveis e não devem ser naturalizadas. Para cada mulher assediada, acredite, tem várias outras silenciadas, se sentindo sozinhas e amedrontadas.

Fefê Torquato

Fefê Torquato é uma ilustradora e quadrinista catarinense. É formada em música pela escola de Belas Artes do Paraná.

Pontos positivos
Tina
Cores e traço
O enredo
Pontos negativos

Acaba rápido!


Título: Tina - Respeito
Autora: Fefê Torquato
Editora: Panini - selo Graphic MSP
Ano: 2020
Páginas: 96
Onde comprar: na Amazon em capa dura ou capa comum!


Avaliação do MS?
Que edição linda! Trabalhando um tema tão importante, sério e pesado como assédio, Torquato acertou no tom, nas cores, na discussão, na protagonista, no desfecho. Me senti representada e recompensada pelo quadrinho e espero que a Tina possa voltar em mais uma edição da Graphic MSP. Cinco aliens para Tina - Respeito e uma forte recomendação para você ler também!


Até mais!


Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

Seja o primeiro a comentar.

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.