O astronauta no passado não convence

segunda-feira, março 19, 2012

Há muito tempo atrás, numa postagem distante, eu falei o que achava sobre a ideia da visita de extraterrestres à Terra que teriam inclusive auxiliado o pobre, burro e incompetente ser humano a construir as grandes obras de engenharia que ainda permanecem por aí. Recebi comentários coerentes para auxiliar no debate, mas recebi muita porrada de gente ignorante que até me mandou estudar como o "cientista" Erik Von Daniken. Teve gente que acredito não tenha lido o texto direito, pois foram me questionar no que eu acreditava, já que desci a lenha na ideia. Então para reforçar, foi o ser humano que construiu tudo isso, na base da tentativa e erro e hoje vamos ter uma amostra disso.

Astronautas no passado só em Stargate
Astronautas no passado só em Stargate




Quando olhamos para o platô de Gizé, margem esquerda do Nilo, na região metropolitana do Cairo, no Egito, vemos os três grandes monumentos funerários - as Pirâmides - e realmente nos questionamos como podem existir. O alto grau de complexidade, a grandiosidade das construções intrigam e impressionam. Mas não é por isso que vamos jogar a toalha e dizer que alienígenas engenheiros vieram para cá.

O que pouca gente sabe, ou ignora, ou ambos, é que existem entre 90 e 130 pirâmides do Antigo e Médio Império, catalogadas em território egípcio e sudanês (já que o Sudão, antiga Núbia, fazia parte do território egípcio). De tamanhos, materiais e complexidade variados, elas mostram que ou o ser humano evoluiu com a tentativa e erro na construção de pirâmides ou os aliens eram bastante incoerentes. Algumas hoje apresentam apenas a base de construção e outras ruíram completamente.

Saqqara
Pirâmide de Saqqara
Pirâmide de Saqqara de Djoser
A primeira amostra de uma pirâmide se deu no Antigo Império com o faraó Dsojer, um dos faraós mais importantes da III Dinastia (cerca de 2650 anos a.C.). Qaal foi sua inovação? Antes de Djoser, os reis e suas famílias eram enterrados em mastabas, túmulos simples de tijolos, mas Djoser foi além e encomendou para seu arquiteto Imhotep um túmulo sem igual. Ele queria que seu túmulo fosse uma escada para os céus e Imhotep empilhou várias mastabas uma sobre a outra, criando a primeira estrutura piramidal da Antiguidade. Em Saqqara existem muitas estruturas funerárias, inclusive uma pirâmide bastante deteriorada, a do faraó Unas (V Dinastia, em torno de 2375 a.C.).

Meidum
Pirâmide de Meidun
Pirâmide de Meidun
Uma pirâmide bastante conhecida dos arqueólogos é esta. À primeira vista ela realmente não parece em nada com uma pirâmide. Isto porque os degraus externos ruíram e parte da estrutura interna colapsou. Muitos atribuem sua construção ao faraó Huni (anterior), outros a Sneferu, mas ninguém sabe ao certo, já que a construção dela parou e não foram deixados registros em suas paredes sobre o responsável, apesar de alguns rabiscos posteriores a atribuírem ao faraó Sneferu. Erros nos cálculos do peso ou o tipo de materiais fez a estrutura colapsar e o restante do material ser usado em outras construções.

Dahchur (ou Dahshur)
Pirâmide torta de Dahchur
Pirâmide torta de Dahchur
Existem cinco pirâmides neste local, mas duas são famosas e são atribuídas ao faraó Sneferu (IV Dinastia), pai de ninguém menos que o faraó Khufu (Quéops). Aqui começam as tentativas de uma pirâmide lisa como as famosas pirâmides de Gizé. A primeira, também chamada de pirâmide torta, indica que houve uma mudança na inclinação da pirâmide em algum momento no meio da construção. Isso porque as vigas internas e paredes começaram a rachar com o peso adicionado e para aliviar as fundações, os arquitetos resolveram diminuir a inclinação e assim também o seu peso.

A pirâmide vermelha, bem menor que sua antecessora, foi finalmente bem sucedida em ser uma pirâmide de verdade e tem esse nome pela cor do material de construção, granito vermelho. Acredita-se que tenha sido o local final de descanso do faraó Sneferu.

Outras pirâmides que não deram certo ou ruíram com o tempo você verá nas imagens abaixo (clique nelas para ampliar).

Pirâmide de Ahmose em Abidos
Pirâmide de Ahmose em Abidos

Pirâmide de Sesóstris
Pirâmide de Sesóstris

Pirâmide de Taharqa
Pirâmide de Taharqa

Pirâmide de Amenemhet
Pirâmide de Amenemhet

Pirâmide de Neferirkare
Pirâmide de Neferirkare

Pirâmide de Unas em Saqqara
Pirâmide de Unas em Saqqara

E agora eu pergunto: os alienígenas eram assim tão ruins de engenharia? Não me entenda mal, a ideia parece muito interessante, tanto que eu sou fã da franquia que se baseou inteiramente na ideia de alienígenas visitando a Terra no passado, que é Stargate. A diferença é que na série a tecnologia e o avanço deles realmente permaneceu, durou milhares de anos e ainda funcionava, diferente de um bando de aliens que construiu em pedra e se mandou. Por essas evidências como as pirâmides é que eu não acredito nessa "teoria", o ser humano é plenamente capaz de pôr uma estação espacial em órbita, então ele também é plenamente capaz de construir pirâmides, círculos de pedra, círculos nas plantações e cidades nas montanhas.

Até mais!

Créditos das imagens:
Wikipedia
Faraó e Companhia
O fascínio do Antigo Egito - As outras pirâmides
Stargate Wiki

Bônus
Para aqueles que defendem Erik Von Daniken com unhas, dentes e phasers, aqui vai uma explicação bastante abrangente sobre o mito do astronauta no passado e de onde veio a ideia. Pasme!, Daniken não foi o primeiro. Clique e vá para a página.

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris