5 livros que prometi ler e até agora nada

É, sempre chega um momento na vida de todo mundo que gosta de ler em que a gente para e pensa: Putz! Com você deve ser assim também. Se empolgou, botou aquele livro que parece ser massa na lista de leitura e ele continua lá pelos últimos sabe-se lá quantos anos... Comigo também é assim. Às vezes a leitura não funciona naquele momento, às vezes eu esqueço mesmo, e tem vezes em que eu fico com medo de enfrentar a leitura.

5 livros que prometi ler e até agora nada

Foi pensando nisso que resolvi listar cinco livros que estão na lista de espera há um bom tempo e sempre fico empurrando a leitura. Nem sei bem por quê. Se é por falta de tempo, de cabeça, de vontade. Não sei, só sei que eles estão aqui e fico pensando "uma hora vai!", mas aí entra um outro ano e FUÉN.

O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas
Minha edição é aquela caixa lindíssima da Zahar, com dois volumes ilustrados e com comentários e notas de rodapé. Sou muito fã do filme de 2002 e foi isso o que me inspirou a adquirir a caixa. Sei que o longa toma várias liberdades com a história original, mas mesmo assim adoro o enredo de superação e vingança de Edmond Dantes, preso injustamente e depois milionário em busca da cabeça daqueles que o traíram. Acho que justamente por conta do tamanho e da escrita de Dumas que a leitura continua sendo adiada.

Ravensbrück: A história do campo de concentração nazista para mulheres, de Sarah Helm
Este eu encontrei em um sebo e comprei em um preço ótimo. Mas é um livro imenso. São 924 páginas contando os horrores do campo de concentração de Ravensbrück e como as prisioneiras foram submetidas a espancamentos, tortura, trabalho escravo, fome, experimentos médicos e execuções aleatórias. Poucas daquelas mulheres eram judias, pois o campo foi originalmente destinado às mulheres "indesejadas" como marginais, inimigas políticas, doentes, deficientes e “loucas”, ciganas e resistentes estrangeiras. Não consegui começar a leitura justamente pelo tema ser tão pesado e ultimamente não tenho cabeça para isso.

It: a coisa, de Stephen King
Mais um calhamaço para minha lista de livros não lidos. Gosto dos livros mais recentes de Stephen King e também curti Carrie, mas este aqui me intimida mais pela fama do que pelo enredo em si. Nem quis assistir aos filmes, porque espero - um dia, quem sabe - ler este aqui, que é um dos livros mais famosos de King. Durante as férias de 1958, em uma pacata cidadezinha chamada Derry, um grupo de sete amigos começa a ver coisas estranhas. E eu continuo vendo o livro ali na estante.

A muralha, de Dinah Silveira de Queiroz
A série da Globo, A Muralha, me cativou desde o primeiro episódio quando passou originalmente em 2000. A atuação de Tarcísio Meira como Dom Jerônimo é uma das melhores de sua carreira. Baseada no livro de mesmo nome, a obra já tinha sido adaptada uma vez, em 1968. Foi escrito em forma de folhetim, na revista O Cruzeiro e depois publicado em 1954, em comemoração aos 400 anos da cidade de São Paulo. Sei que romantiza muito a invasão dos bandeirantes e a violência contra os povos indígenas, mas gostaria de poder comparar com a série. No fim, o livro ficou na estante justamente por não saber o que esperar dele.

Poderes das Trevas, de Bram Stoker e A—e
Poderes das trevas (Mörkrets makter), a versão sueca estendida de Drácula, tem o dobro da extensão da edição inglesa de Drácula, incluindo cenas e personagens exclusivos, novas implicações políticas e sociais. Publicado de forma seriada como folhetim no jornal Dagen entre junho de 1899 e fevereiro de 1900, o romance foi creditado a Bram Stoker, em "adaptação sueca por A–e". Tão misteriosa quanto seu personagem vampírico, a edição é belíssima, tendo sido financiada no Catarse em um esforço conjunto de quatro editoras. E por mais curiosa que eu esteja pela leitura, acredito que estou intimidada pela edição.


E você? Quais são seus livros parados na fila de leitura??

Até mais! 📖

Já que você chegou aqui...

Comentários

  1. Caramba! O Conde é uma leitura bem fácil. Apesar do tamanho dá p ler rapidinho. O meu encalhado é David Copperfield!

    ResponderExcluir
  2. Bem, o livro "A saga do macaco peregrino", de Wu Ch´eng, me esperou na estante por longos 10 anos. Mas também quando finalmente o peguei, que leitura deliciosa, impossível largar. Atualmente, o encalhado é "Memórias de Adriano", de Margerite Yourcenar. Espero que eu não leve 10 anos para retirá-lo desta condição. rs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Form for Contact Page (Do not remove)