Resenha: LoveStar, de Andri Snær Magnason

quinta-feira, julho 05, 2018

Uma das coisas que eu mais gosto no Andri é sua capacidade de escrever o absurdo. Desde A Ilusão do Tempo que admiro sua capacidade de pegar uma situação, uma característica, algum momento e explorar seu absurdo. Em Lovestar ele usou demais deste recurso, ainda que mantivesse os pés na realidade em boa parte do tempo.



Parceria Momentum Saga e
Editora Morro Branco


O livro
LoveStar é o misterioso e obcecado fundador das Corporações LoveStar. Ele libertou a humanidade de cabos e conexões físicas ao descobrir como os pássaros se comunicavam e replicou essa forma. Isso levou a um uso nunca antes visto da tecnologia, da ciência e do consumo na vida das pessoas. A sociedade frenética dos grandes centros urbanos se torna ainda mais bizarra e agitada com a mão da LoveStar sobre todos.


Imagine que você esteja andando na rua, pensando em comprar um tênis. E encontra uma amiga na rua, você pára para conversar e ela de repente solta um anúncio de tênis imperdível em uma loja, com o preço que você quer? As pessoas que estejam com dívidas podem ter seu centro de fala alugado pela LoveStar para disparar comerciais a torto e a direito às pessoas. Com os dados a respeito dos gostos dos amigos, você pode soltar indicações de livros, filmes e vinhos em uma conversa num jantar. Assustador, certo?

É por isso que eu comentei acima sobre a capacidade de Andri de usar o absurdo. E perceba que é uma situação absurda sim, mas baseada no mundo feroz da publicidade e da propaganda, além do domínio das empresas. Navegamos hoje na internet com algoritmos que rastreiam e classificam nossos gostos, nossos cliques e as palavras que digitamos na busca. LoveStar é isso elevado em várias potências.

A trama verdadeira do livro demora um pouco para aparecer e isso meio que me cansou até chegar lá. Andri joga várias informações sobre este mundo frenético e curioso, entrelaçados na história de vida do próprio LoveStar e até você chegar ao que realmente vai conduzir o enredo, já está saturada de tantos dados. Talvez esta fosse mesmo a ideia, para você poder sentir como seria viver neste mundo atolado de informações.

LoveStar controla até nossos relacionamentos. Ela tem uma maneira de calcular sua alma gêmea e quando o casal, Indridi e Sigrid, recebe o resultado do cálculo deles, o mundo desaba. O casal é grudento, muito grudento. Andri fala do absurdo, certo? Então o amor e o comprometimento do casal é gritante demais. Assim como a reação deles ao receber os resultados da análise: os dois não foram feitos um para o outro. É aí que começa a crise. Como enfrentar o sistema hegemônico da LoveStar?

LoveStar e seus especialistas estavam numa missão para libertar as pessoas da opressão da liberdade.

Página 119

Os capítulos são alternados, contando a história do casal desafortunado e do fundador da empresa, que parece correr contra o tempo. Essa é uma distopia muito peculiar, que traz algumas das alfinetadas comuns do autor como a crítica ao capitalismo e ao consumo desenfreado, problemas ambientais e contos de fada. Aliás, gosto muito da forma como ele desconstrói contos de fada e traz novos significados a eles. Inovar em uma área tão saturada é algo muito bem-vindo.

A edição da Morro Branco está linda de viver, especialmente o trabalho gráfico do miolo e a brochura colorida. A parte interna das capas tem detalhes estrelados com nebulosas ao fundo e não encontrei grandes problemas de revisão ou tradução.

Ficção e realidade
Um pensamento que sempre vai bater na cara da leitora é sobre o livre arbítrio. Por várias vezes as personagens são confrontadas com decisões induzidas, decisões não tomadas, decisões que precisam ser tomadas antes que alguém o faça. Até onde nossas decisões são mesmo nossas e o quanto são induzidas pela propaganda e pelo consumo? Andri foi bastante perspicaz ao utilizar esses questionamentos, pois muitas vezes pensamos que somos livres para tomar todas as decisões que quisermos. Será mesmo?

Andri Snær Magnason

Cada oportunidade abandonada era um peso no presente. Mas essa não é toda a história. No futuro havia milhões de novas escolhas possíveis e milhões resultantes de cada um desses milhões. Por fim, quando uma escolha era feita em detrimento de outra, algo um tanto notável ocorria: tudo o que não era escolhido era convertido em arrependimento. O resultado: as pessoas ficavam eternamente esmagadas no presente, pelo peso do futuro, por cima da pressão do passado, e as coisas não melhoravam nada.

Página 47

Pontos positivos
LoveStar
Personagens bem descritos
Paralelo com a realidade
Pontos negativos

Começo confuso
Precisa ser meio lento em algumas partes

Título: LoveStar
Título original: LoveStar
Autor: Andri Snær Magnason
Tradutor: Fábio Fernandes
Editora: Morro Branco
Ano: 2018
Páginas: 336
Onde comprar: Amazon

Avaliação do MS?
Não vou dizer que será uma leitura fácil, pois os absurdos deste mundo de LoveStar podem fazer sua cabeça explodir em um primeiro momento. Mas assim que você começar a compreender a complexidade das ideias de Andri e a forma como ele usa os absurdos do mundo atual para contar esta história, vai entender que temos muito mais em comum com este universo do que achávamos. Quatro aliens para o livro e uma forte recomendação para você ler também!


Até mais! ♡

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

Deixe seu comentário!

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes