Resenha: Head On, de John Scalzi

sexta-feira, maio 18, 2018

Fãs de Encarcerados que estavam ansiosas por mais uma investigação dos agentes Shane e Vann, aqui está! Head On foi lançado há pouco tempo nos Estados Unidos e traz nossa dupla de agentes em mais um caso envolvendo Hadens. Poderão eles resolver este novo mistério?



O livro
Graças à avançada tecnologia robótica, aqueles que ficaram encarcerados em seus corpos por conta da Síndrome de Haden, podem interagir com o mundo à sua volta, estudar, trabalhar e até mesmo ser do FBI, como é o caso do agente Chris Shane. Há até um esporte para Hadens, o Hilketa, que consiste em arrancar a cabeça do C3 adversário. Ligas começaram a se formar para organizar a prática e seus jogadores e Chris está num estádio, junto dos pais, em uma partida de Hilketa, quando um jogador morre súbita e misteriosamente em campo.


Como o caso envolve um Haden, Shane e sua parceira, Leslie Vann, se envolvem com a investigação e tentam descobrir se houve algo de criminoso na morte do jogador de Hilketa, Duane Chapman. A partir daí, os dois agentes vão se envolver com uma intrincada conspiração envolvendo mais homicídios, empresas do esporte, ligas desportivas, sexualidade Haden, gatos desabrigados e corrupção de agentes da lei.

Duas coisas que chamam a atenção a respeito do agente Chris Shane: uma é que ele é negro e tem deficiência. Você lembra de quantos personagens da ficção científica se enquadram nessa descrição? Pois é. Personagens que tenham alguma deficiência, muitas vezes, se revoltam com sua condição em enredos de ficção científica. O que mais gosto do mundo criado por Scalzi é que o mundo preciso se adaptar às necessidades dos Hadens e, assim como na vida real, tem gente que não gosta de ver grupos minoritários recebendo equidade.

Segunda coisa: o agente Shane não define sua sexualidade, nem seu gênero, não namora, nem paquera e isso sequer é um problema. Muitos Hadens se tornaram encarcerados ainda bebês ou crianças pequenas. É uma excelente discussão a se fazer a respeito da construção da sexualidade e as pressões (e opressões) sociais sobre os papéis de gênero. Especialmente para quem leu a edição em português de Encarcerados, vai ficar com a impressão de que Shane é um cara, mas o próprio Scalzi não define isso e comentou a respeito em seu blog.

Assim como outros livros do Scalzi, esse aqui foi uma leitura bem rápida e acabou logo. Mas isso não quer dizer que seja um livro mal escrito, ao contrário, sua leitura é prazerosa e você mal consegue parar, querendo chegar logo ao final. É um livro que, assim como anterior, discute a situação de pessoas com deficiência no mundo atual de maneira bem contundente.

Ficção e realidade
Scalzi é um dos autores mais importantes da atualidade. Não apenas é bastante criativo em tudo o que escreve, como também consegue normalizar seus livros com personagens bem construídos e diversos. Não é à toa que ele é tão odiado e perseguido por muitos Puppies. Um destes puppies chegou a colocar um livro na Amazon com capa e títulos praticamente idênticos a um livro do Scalzi, chamado The Collapsing Empire. É recalque que chama, né?


Pontos positivos
C3 e Hilketa
Shane e Vann
Divertido e bem escrito
Pontos negativos

Não tem tradução para o português
Pode ser confuso em algumas partes

Título: Head On
1. Encarcerados (Lock In)
2. Head On
Autor: John Scalzi
Editora: Tor Books
Páginas: 336
Ano de lançamento: 2018
Onde comprar: AmazonCompre Head On, de John Scalzi

Avaliação do MS?
Sou suspeita para falar do Scalzi, sou fã incondicional e leio mesmo tudo o que ele escreve. Existe um livro que é anterior aos eventos de Encarcerados e Head On, chama-se Unlocked e vai ser relançada pela Tor Books agora em Julho. Quem está ansiosa aí, levanta a mão! Quatro aliens para Head On e uma forte recomendação para você ler também.


Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

1 Comentário

  1. Estou lendo Encarcerados, mas não estou gostando, eu não gosto de estórias de investigação, não tem jeito. Mas é Scalzi, né! Super gostoso de ler e com tratamento de temas importantes a atualidade. Pra mim, é o melhor escritor de sci-fi e um dos melhores escritores da atualidade. Agora eu estou ansioso pela continuação de "The Colapsing Empire", que sai em outubro. O primeiro eu achei top demais!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes