Colocando seu ebook na Amazon: Publicação

segunda-feira, fevereiro 05, 2018

E finalmente chegamos ao terceiro post da série KDP! Agora que você já tem cadastro e já formatou seu arquivo, é hora de subir o bendito no site e colher os milhões de dólares em vendas. Brincadeiras à parte, é preciso prestar atenção aos detalhes na hora de subir o arquivo, como categorias e, principalmente, preço.




Uma vez que você cadastre seu ebook no KDP, você pode alterar sinopse, valor, ou qualquer outra informação, quando quiser. Recentemente, a Amazon disponibilizou o serviço de impressão sob demanda, mas confesso que não uso ainda, já que é um serviço beta e a formatação dele é diferente do ebook. Seria preciso um post só para isso. Por enquanto, vamos nos ater ao ebook mesmo.

1. Entre no KDP
Acesse o site do Amazon KDP pelo kdp.amazon.com/

2. Painel
Ao acessar, caímos nesta página. Escolha "ebook kindle".


3. Título
Aqui é a parte em que você escolhe o idioma em que o ebook está, o título e o subtítulo, caso tenha. Preencha com cuidado para que não tenha erros de grafia que podem te prejudicar na busca do site.


3. Detalhes do eBook
Outros detalhes importantes que são obrigatórios ou opcionais. Por exemplo: seu livro faz parte de uma série? Se for, preencha qual o volume dele. A edição também é importante. Se você está publicando pela primeira vez, coloque como 1ª edição. Se você o revisou, coloque como 2ª, e daí em diante. Em autor, você pode pôr seu pseudônimo nome artístico ou nome real. Isso não vai influenciar na hora de receber pagamentos.


Em Colaboradores coloque apenas se você estiver publicando em conjunto com alguém ou se é uma coletânea. Se não for nenhum dos dois, deixe em branco.

3. Descrição e palavras-chave
Muita atenção à descrição de seu ebook. Minha sugestão é que você rascunhe a descrição algumas vezes antes de colocar a definitiva aqui. Destaque os pontos altos da obra, sem dar spoilers significativos. Pense no que pode prender o leitor na leitura e use isso a seu favor. Cuidado para não exagerar no tamanho dela, tende fazer um texto direto e atraente.


Direitos de publicação: se você é detentor dos direitos, marque a primeira opção. Se você quiser entregar sua obra ao mundo, marque a segunda e disponibilize em domínio público.

Palavras-chave: o site permite escolher até 7 palavras-chaves para seu ebook. Vá detalhando a obra para que ela apareça corretamente na busca dos usuários. Exemplo: literatura brasileira, ficção científica, romance.

Categorias: a mesma atenção que você teve com as palavras-chave você tem que ter aqui. É preciso começar do maior para o menor. Por exemplo: Ficção>ficção científica>space opera.


Faixa etária: preencha apenas se seu livro for infantil ou tiver restrição de idade.

Publicar ou pré-venda: se você ainda tiver certeza que o ebook está pronto, pode escolher em publicar agora. A pré-venda tem a opção de escolher a data (até 90 dias antes do lançamento) e quem comprar receberá automaticamente o livro em seus dispositivos, você não precisa fazer mais nada.


Se tudo estiver OK, pode salvar e continuar. Caso precise parar e voltar depois, salve como rascunho e continue de onde parou.

4. Conteúdo
Nesta tela, temos a questão do DRM. DRM (gerenciamento de direitos digitais) é uma proteção aos seus direitos. Ele impede que seu ebook seja distribuído sem sua autorização. Se você quiser encorajar seus leitores a compartilhar seu trabalho, não aplique a DRM. Mas atenção: escolheu essa opção e publicou, você não pude mudar mais.

O DRM (gerenciamento de direitos digitais) é destinado a coibir a distribuição não autorizada do arquivo Kindle do seu livro. Alguns autores querem encorajar os leitores a compartilharem seu trabalho e optam por não aplicar o DRM em seus livros. Se você optar por ativar o DRM, os clientes ainda poderão emprestar seu livro a outro usuário por um curto período e também poderão comprar o livro como um presente para outro usuário na Loja Kindle dos EUA.


Agora é o momento de você carregar seu ebook! Nós já fizemos a formatação em .docx e é aqui que você sobe o arquivo dele. Pode reparar que o site carrega vários formatos, mas como disse no segundo post da série, prefiro a facilidade do Word. Quando o upload terminar e se deu tudo certo, o site logo te avisa. Se existirem erros de ortografia, o sistema também vai te dar um toque.

5. Capa
Aquela capa que você criou lembra?, é aqui que ela entra. Eu já testei o serviço nativo do KDP para capas e apesar de ser útil, ele não tem muitas opções. Mas atenção: o sistema só aceita JPG e TIFF. Então se você salvou em PNG, volte no Canva e mande salvar na extensão correta.


Uma vez que o ebook esteja carregado, é possível visualizar como ele ficará no Kindle, no tablet e no smartphone. USE este recurso, use muito. É aqui que você pode corrigir possíveis erros de formatação.

ISBN: ebooks no KDP não precisam necessariamente de um ISBN. Se você não tiver, seus direitos continuam protegidos. E a Amazon cria um ASIN, que é um número específico de seu sistema, mas que você pode usar para cadastrá-lo no Skoob ou no Goodreads. No campo Autor/Editora, coloque o nome do seu selo pessoal - eu coloco o nome do blog - ou seu nome mesmo. Se quiser, deixe em branco. Salve e continue, que agora vamos definir o preço!


6. Preço
Nesta tela, ele logo pergunta sobre o KDP Select. É um serviço com vantagens e desvantagens. Este é um serviço de exclusividade de publicação com a Amazon. Marcando essa caixa, você fica impedida de publicar na Kobo Store, por exemplo. Mas se selecionar esta opção, poderá criar promoções gratuitas do ebook, que é uma boa estratégia de marketing.


Você também participa do programa Kindle Unlimited, em que os ebooks são alugados e você como autor recebe uma parcela do fundo da Amazon, de acordo com o número de páginas lidas. É possível ganhar até 70% dos royalties, dependendo do preço do livro. Pense bem em uma estratégia de vendas na hora de disponibilizar um conteúdo, especialmente se você tiver vários ebooks.

Territórios: se você é o autor do conteúdo, é o detentor dos direitos. Marque a primeira opção, que disponibilizará o ebook em todos os sites da Amazon.

Definindo o preço: note que a tela te dá duas opções, de 35% ou de 70%. Essa é a porcentagem que você vai receber sobre o preço de capa. Os 70% estão disponíveis apenas para ebooks cadastrados no KDP Select. A Amazon permite que seu e-book esteja entre 0,99 a 200 dólares se você selecionar 35% e 2,99 a 9,99 se selecionar 70%. Se não estiver dentro dessa faixa de preço, mesmo tendo marcado o KDP Select, você vai ganhar 35% sobre o preço.


Mas qual é o preço justo de um ebook? Você já deve ter notado que muitos ebooks de editoras grandes são quase o mesmo valor de um livro físico. Tenha essa noção na hora de definir o valor. Se você marcar 0,99 de dólar na Amazon.com - que é a loja principal e que servirá de base para o valor em todas as outras lojas - o ebook em reais vai sair mais de 3 reais. Para pensar em um valor justo, considere o tamanho do seu livro, o trabalho que você teve em fazer capa e formatação do arquivo, mas recomendo fortemente que fique abaixo de dez reais. O preço tem que ser atraente.

MatchBook: esta opção é útil se você vende o livro físico na Amazon, além do ebook. Se alguém comprar o livro físico, ele ganha a opção de comprar o ebook por um determinado preço. Mas se você só vai disponibilizar o ebook, não tem porque marcar essa opção.

Empréstimo: Amazon permite um empréstimo de até 14 dias para um amigo. Marque esta opção se achar que é necessário. O problema é quem o emprestar não pode ler o ebook até que o prazo termine.

72 horas: quando você FINALMENTE terminar essa parte inteira, há um aviso de que o ebook será publicado em até 72 horas, mas costuma ser um dia, às vezes menos. Verifique TODAS as informações, certifique-se de que tudo esteja nos conformes e então mande publicar seu ebook.


Eu sei que é um passo importante e que podem pintar dúvidas. As pessoas vão gostar? Saberei lidar com as críticas? Devo continuar investindo na escrita? Isso é algo que só o tempo dirá. Não existem respostas fáceis para as dúvidas e nem como combater o monstrinho da síndrome de impostor. Minha sugestão é TENTE.

Porém, só colocar seu ebook na Amazon não vai lhe garantir vendas. É preciso saber divulgar sua obra. Vamos discutir isso no próximo post!

Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

1 Comentário

  1. Como nas outras vezes, um artigo muito elucidativo e detalhado! Parabéns pela iniciativa! Estou compartilhando em um grupo de pessoas que utiliza principalmente o Wattpad, pois muitas delas ainda sentem certa dificuldade em compreender como a Amazon funciona.. e com certeza nestes seus posts está tudo "desenhadinho"!
    Acho que vou me animar a publicar algo lá também.
    Abraços!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes