5 coisas que você não deve dizer a um escritor/escritora

quarta-feira, agosto 07, 2013

Nada irrita mais um escritor do que as perguntas ou comentários inconvenientes sobre seu trabalho. É muito complicado tentar explicar o que faz ou no que trabalha, pois nem tudo é fácil de pôr em palavras. O próprio ato de escrever de uma maneira capaz de prender um leitor é algo muito difícil. Mas tem gente que vem aporrinhar mesmo assim, alguns por curiosidade, outros por xaropice mesmo.



Curta Momentum Saga no Facebook

5. Então, você mente para viver...
Um escritor não mente, ele escreve versões da verdade, já que praticamente tudo é baseado na vida real, na imaginação do autor e no círculo direto de pessoas dele. Mesmo numa biografia autorizada, temos uma versão romanceada e ela não é 100% fiel à vida do biografado. Mas não quer dizer que você viva mentido apenas porque é um escritor.

4. E você trabalha ou só escreve?
Quem nesse país consegue sobreviver apenas da venda de livros? São poucos os felizardos. Portanto, a maioria dos escritores nacionais trabalha em alguma outra ocupação e escreve no seu tempo livre, de lazer, às vezes sacrificando o tempo com a família e com os amigos. Não é fácil, não...

3. Tive uma ideia ótima para você usar no seu livro!
Todo autor deve revirar os olhos com isso. Poxa, você está lá se matando em um processo criativo há semanas, meses, anos, encadeando fatos e ideias para que tudo faça sentido e de repente chega alguém querendo que você escreva sua ideia de graça, sem se importar com o que você já fez. Se a ideia é tão boa, escreve aí, mermão!

2. E publicar, você publicou?
Parece que você só é considerado um escritor profissional se tiver publicado por alguma editora. Quanto mais conhecida, melhor, mas qualquer uma já dá um ar de profissionalismo ao negócio. Mas com as ferramentas da internet e dos leitores de ebook, isso está ficando cada vez mais ultrapassado, apesar de muita gente ainda acreditar que você só é um escritor com um livro publicado no papel e disponível numa livraria.

1. Escrever não deve ser tão difícil, né?
Ahhh, é. É tão fácil que uma boa parcela dos brasileiros não consegue entender um texto simples, tampouco compor uma redação. E tudo porque é super fácil fazer isso. Escrever é um trabalho de alta complexidade e ainda assim, escritores manjados e já há muito tempo no mercado sofrem para se fazer entender. E quanto mais simples a narrativa, mais difícil ela é.


E você, escreve? Já ouviu ou disse alguma bobagem para um escritor ou escritora? Deixe seu comentário. Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris