Resenha: The Universe Within, de Neil Shubin

Sou uma grande fã do trabalho do paleontólogo Neil Shubin. Desde que li A História de Quando Éramos Peixes venho acompanhando seu trabalho e enquanto mexia nos ebooks no Kindle descobri que The Universe Within estava armazenado lá, provavelmente fruto de alguma promoção passada e esquecida. Neste livro, o autor nos mostra como somos filhos desta Terra de uma maneira poética e baseada em evidências científicas.



O livro
Não costumamos parar para pensar sobre como nossos corpos foram formados. Em A História de Quando Éramos Peixes o autor nos apresenta as evidências paleontológicos e moleculares da evolução, desde aqueles peixes primitivos que saíram da água para conquistar a superfície até as evidências de semelhanças genéticas entre nós, a banana e as moscas. Não só a evolução é um fato, como ela também é muito maneira. É uma pena que a ignorância e o desconhecimento imperem sobre o assunto entre as pessoas fora do meio acadêmico (e até dentro dele).

Resenha: The Universe Within, de Neil Shubin

Em The Universe Within Neil expande o assunto. Nossos corpos não são apenas fruto da evolução, mas também de eventos que moldaram a vida no planeta Terra. Em nossos corpos estão as evidências que mostram que a vida humana só é possível pela existência de todo um cosmos, com seus acidentes e catástrofes, levando ao surgimento de um planeta que fervilha de vida.

Cada galáxia, estrela ou pessoa é o proprietário temporário de partículas que passaram pelos nascimentos e mortes de entidades através de vastas extensões de tempo e espaço. As partículas que nos fazem viajaram bilhões de anos através do universo; muito tempo depois que nós e nosso planeta partirmos, eles farão parte de outros mundos.

(tradução livre)

Você deve conhecer a famosa frase de Carl Sagan, de que somos "poeira de estrelas", certo? Ainda que seja repetida por muitos com um viés puramente poético, essa frase é incrivelmente correta. O ferro de nosso sangue, por exemplo, foi produzido no núcleo de estrelas que queimaram seu combustível original e se tornaram supernovas. Nós somos um aglomerado de partículas e elementos que foram produzidos pelo cosmo.

São vários os eventos relatados no livro. Como por exemplo, o evento da Grande Oxigenação, onde o planeta, há mais de 2 bilhões de anos, começou a se oxigenar com a atividade fotossintetizante. O oxigênio é um elemento vital para o surgimento não apenas da vida, mas também da simetria bilateral, dos corpos dos organismos, já que manter um corpo é algo que requer muita energia e o O2 é o ideal para mantê-la.

O fato de uma vida complexa conseguir se desenvolver na Terra a ponto de criar cultura e civilização também se deve a uma serie de eventos cósmicos que protegeram a Terra de vários perigos. A presença de Júpiter, por exemplo, protegeu nosso planeta de grandes corpos do sistema solar que poderiam aniquilar a vida ainda em seus estágios iniciais. A grande extinção do Permiano-Triássico que aniquilou quase 90% das espécies terrestres há 250 milhões de anos, abriu caminho para o mundo como conhecemos hoje, levando aos animais que originariam os mamíferos a se diversificar.

Cerca de 40 milhões de anos atrás, este era um mundo mais frio, com um clima mais severo. Uma mutação genética deu aos ancestrais mamíferos a capacidade de distinguir cores, o que denuncia a presença de mais nutrientes nos alimentos. E antes disso, há 66 milhões de anos, um grande asteroide colidiu com a Terra, pregando um último prego na tampa do caixão dos dinossauros, mas abrindo o caminho para as aves (dinossauros avianos) e os mamíferos, que se diversificaram. São tantos os eventos celestes que nos levaram a este momento que deveríamos ser mais humildes diante de nossa posição no cosmos.

Utilizando-se de fatos científicos e várias correlações, o livro desaponta um pouco pelo fato de faltar certa profundidade, então se é isso que você está procurando, existem outros livros que podem suprir essa deficiência. Acho que Neil queria uma obra de cunho mais geral e pessoal de modo a atingir leitores leigos e acredito que conseguiu, mas não precisava enfiar uma biografia de cada cientista antes de entrar no assunto em seguida. Isso deixou o livro meio chatinho.

Eu li a versão em ebook, mas quase caí da cadeira quando o vi o preço deles nas lojas online. Infelizmente, Neil Shubin não recebe uma tradução nova há anos e acho uma injustiça, vendo outros livros científicos sendo publicados sem a ironia e poesia que Shubin coloca nos seus.

Existe algo quase mágico na noção de que nossos corpos, mentes e ideias têm raízes na crosta da Terra, na água dos oceanos e nos átomos nos corpos celestes. As estrelas no céu e os fósseis no solo são faróis duradouros que sinalizam que, embora o ritmo das mudanças humanas esteja sempre acelerando, somos apenas um elo recente em uma rede de conexões tão antigas quanto os céus.

(tradução livre)


Obra e realidade
Muitas pessoas tiveram e têm dificuldade com a noção de que não somos especiais no universo. A filosofia pré-copernicana nos colocava no centro do universo e da criação e abominava pensamentos contrários. Ainda hoje usamos muitas definições pré-copernicanas em uso como "chegue ao pôr do sol", como se o Sol é que girasse ao redor da Terra e não ao contrário. Mas acho que é mais especial ainda saber que o ferro e o cálcio do nosso corpo veio do núcleo das estrelas. Não é preciso estar no centro para ser importante.

Neil Shubin

Neil H. Shubin é um paleontólogo, biólogo evolutivo e divulgador científico norte-americano.


Pontos positivos
Divertido
Pesquisa
Bem escrito
Pontos negativos

Não tem em português
Preço

Título: The Universe Within: The Deep History of the Human Body
Autor: Neil Shubin
Editora: Vintage Books
Ano: 2013
Páginas: 225
Onde comprar: na Amazon!


Avaliação do MS?
Foi uma leitura muito gostosa de se fazer. Ainda que eu preferisse mais ciência e menos biografia, o livro é um prato cheio para quem ama divulgação científica. Com uma narrativa bem acessível, indicações de leitura à vontade no final, é um livro delicioso. Uma pena não ter em português nem ter um preço mais acessível. Quatro aliens para o livro e uma forte recomendação para você ler também!


Até mais!


Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

Seja o primeiro a comentar.

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.