Comédias de ficção científica

Já indiquei vários filmes por aqui, mas não tinha indicado ainda as comédias e paródias de ficção científica. Muitos filmes do gênero costumam ser do estilo catástrofe, com mocinhos e mocinhas tentando salvar o mundo em atos heróicos e abnegados. Entretnto é possível misturar comédia com ficção científica e conseguir filmes muito engraçados ou totalmente sem noção nenhuma, que divertem e se tornam clássicos.





Não custa nada avisar que essa lista é pessoal, que são apenas indicações de comédias legais para se assistir num domingo à tarde e não a única lista de filmes que você deve assistir para o resto da vida.


S.O.S. - Tem um louco solto no espaço (1987)
Spaceballs

Uma comédia de Mel Brooks sempre vai ser escrachada e absurda. E quem eles resolveram parodiar? Star Wars. Com vários atores do ramo da comédia, como Michael Winslow e Rick Moranis, o filme também faz menções engraçadas a Alien e Planeta dos Macacos. Acontece tanta coisa maluca no filme, que não dá para deixar de assistir, em especial para ver Rick Moranis dando uma de Darth Vader com um capacete maior que ele.


Galaxy Quest (1999)
Galaxy Quest

O filme fala de uma equipe de atores que viveu personagens célebres numa série de televisão já tirada do ar chamada de Galaxy Quest. O problema é que eles vivem de eventos e encontros com fãs, igual ao que o pessoal de Jornada nas Estrelas faz ainda hoje e é o principal filme parodiado no enredo. O detalhe é que as transmissões de TV do seriado foram parar em outro planeta, onde uma raça alienígena os usou como modelo para sua civilização e pedem a ajuda dos "heróis lendários". Já deu para imaginar que isso vai dar confusão. O premiado ator Alan Rickman (Professor Snape, na saga Harry Potter), faz parte do elenco e Sigourney Weaver, de Alien faz a heroína sexy.


Evolução (2001)
Evolução

Um meteoro cai na Terra contendo estranhos e resistentes organismos extraterrestres. Rapidamente adaptados ao ambiente, eles crescem em uma caverna e logo se tornam uma ameaça à humanidade. Exército e cientistas pouco ortodoxos, além de um candidato frustrado a bombeiro, são enviados para tentar combatê-los. O mais engraçado é ver David Duchovny, tão sério em Arquivo X, se ferrando o tempo todo.


Marte Ataca! (1996)
Marte Ataca!

Os marcianos fazem contato com a Terra e resolvem destruir tudo o que veem pela frente. O sarro do filme é ver grandes atores e atrizes como Jack Nickolson, Natalie Portman, Glenn Close e Pierce Brosnan, além de a direção ficar nas mãos de Tim Burton. O que os marcianos querem? Transformar a Terra em seu parque de diversões e por isso, não farão distinção em quem está pela frente e saem atirando e matando. Armas nucleares contra eles? Isso é como um afrodisíaco. Caberá aos humanos enfrentar esta terrível ameaça ou ser extintos.


Thor: Ragnarok (2017)
Thor Ragnarok

Um dos mais divertidos filmes da Marvel, Thor é um herói caído e enjaulado, colocado para lutar em uma arena alienígena depois de perder seu pai e seu lar para Hela, uma irmã que ele não conhecia, exilada por Odin e que agora volta em busca de vingança. Ele precisa correr contra o tempo para voltar a Asgard e impedir o Ragnarok, a destruição de seu mundo.


Eu, minha mulher e minhas cópias (1996)
Eu, minha mulher e minhas cópias

Doug Kinney trabalha na construção civil e está atolado de trabalho até as orelhas. Até a hora em que perde a cabeça e um geneticista resolve ajudá-lo. Com isso, ele faz um clone de si próprio para poder ficar em casa com os filhos. Mas o trabalho com os filhos é pesado, então ele se clona de novo para poder aproveitar a vida. Enfim, o excesso de clones quase o faz perder a família. Muita confusão com Michael Keaton e seus clones.


Homens de preto (1997)
Homens de preto

Uma das comédias de ficção científica mais famosas, os Homens de Preto são uma organização independente que fiscaliza a presença de alienígenas na Terra. Mas tem horas que eles dão trabalho. Assim o agente K precisa de um novo parceiro e escolhe um policial de Nova York que já teve contato, ainda que sem querer com um desses alienígenas. Os dois juntos agora devem salvar o mundo.


Memórias de um Homem Invisível (1992)
Memórias de um Homem Invisível

Um analista da bolsa de valores, Nick Halloway, fica invisível após um experimento de fusão nuclear dar errado em um laboratório e ele se torna alvo de uma operação implacável do governo. Sua vida está em risco e ele não sabe em quem confiar. Apesar dos perscalsos sofridos pelo personagem, o filme é bastante positivo em sua mensagem de que, mesmo sendo invisível, você é importante e pode ser amado.


Um Robô em Curto Circuito (1986)
Um Robô em Curto Circuito

Um laboratório de robótica está desenvolvendo vários protótipos chamados S.A.I.N.T. (Strategic Artificially Intelligent Nuclear Transport) para o Exército dos Estados Unidos usar na Guerra Fria. Mas os projetistas querem que os robôs tenham uso pacífico. Após uma demonstração do funcionamento dos protótipos para os militares, um dele, o Número 5, é atingido por um raio que atinge o prédio da instituição e se distribui pela rede elétrica, o que bagunça a sua programação e o torna consciente.


Querida, Encolhi as Crianças (1989)
Querida, Encolhi as Crianças

Uma das comédias mais queridas pelos fãs! Wayne Szalinski é um cientista frustrado que cria um raio miniaturizador em seu porão. Sem querer, seus filhos e os filhos dos vizinhos ativam a máquina, são encolhidos e precisam atravessar todo o gramado de volta para a casa na tentativa de avisar aos pais que estão vivos e que precisam voltar ao tamanho normal. Um rei do Cinema em Casa!


Tendo mais indicações, por favor, deixe nos comentários. Até mais!


Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

Seja o primeiro a comentar.

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.