10 coisas que você não sabia sobre Homem-Formiga

Homem-Formiga (2015) trouxe mais um dos heróis da Marvel para as telas. Nele temos a velha guarda e o novo herói, um ladrão mal sucedido que está ferrado na vida, lutando contra um empresário maníaco que tentava refazer os passos do mentor. Com efeitos especiais bem colocados e o já conhecido humor dos filmes da franquia, o filme nem de longe é o melhor entre os mais de dez filmes da Marvel, mas certamente consegue divertir.




Dirigido por Peyton Reed, o longa contou com 130 milhões de dólares de orçamento, tendo faturado em bilheterias algo em torno de 520 milhões. Tem boas avaliações nos sites especializados, mas não encantou muito a crítica, que o considera um dos mais fracos da franquia.

10. Violência doméstica
Inicialmente, o filme focaria no Homem-Formiga original, Hank Pym (Michael Douglas). No entanto, no número 213 dos quadrinhos dos Vingadores, que saiu em 1981, Pym acaba agredindo a esposa, estando sob a influência da violência da Jaqueta Amarela. O evento dos quadrinhos marcou o personagem para sempre, o que fez os roteiristas mudarem o foco do enredo: Pym seria um personagem secundário, treinando Scott Lang como o novo Homem-Formiga (Paul Rudd).

9. O traje
Paul Rudd treinou duro para encarar o papel do Homem-Formiga, mas quando foi testar o figurino, ele não serviu por causa da maromba. Tivera que refazer algumas partes do traje para o ator poder caber nele.

8. Tanque de guerra
O tanque usado na parte final do filme é um tanque soviético T-34-85 dado de presente aos Estados Unidos em 1991 por Mikhail Gorbachev. Foi emprestado ao filme pelos curadores do Museu dos Veteranos de Oshkosh, Wisconsin. Ele foi usado por 19 dias, mas ele acaba aparecendo por apenas 9 segundos no longa.

7. Wayne Szalinski
Os roteiristas queriam que Rick Moranis fizesse uma participação especial no filme por conta do Querida, Encolhi as Crianças. No fim, não rolou.

6. Secret Invasion
A Vespa original trabalhava junto do marido, Hank Pym, na tentativa de desarmar um míssil balístico. Ela então se miniaturiza no nível subatômico para poder destruir o míssil, e desaparece, sendo dada como morta. Este foi o destino da Vespa no quadrinho da Marvel "Secret Invasion".

5. As formigas
As formigas do filme foram criadas para serem mais amigáveis na tela. Foram baseadas nas formigas africanas, da região do Saara, que têm pernas longas, usam as patas dianteiras como armas e possuem o corpo coberto por pêlos, o que as torna mais brilhantes e com uma armadura natural. Os movimentos foram desacelerados para que o público pudesse acompanhá-las em tela.

4. Poeira
As cenas que mostram os personagens miniaturizados apresentam várias partículas de pó e pêlos. Essa foi uma decisão dos especialistas em efeitos para enfatizar que, na visão de um inseto, o nível de detalhes é muito maior do que de um humano.

3. Roteiro
O roteirista Edgar Wright pulou fora da produção no meio da confecção do roteiro. Ele queria que o filme fosse completamente solo, sem nenhuma referência a outros filmes da franquia da Marvel, o que não agradou ao estúdio. Assim, ele caiu fora. O papel de Evangeline Lilly, por exemplo, era bem menor nos rascunhos de Wright e a personagem cresceu quando a reescreveram, incluindo ideias da atriz para ela.

2. Cassie
A formiga que acaba aumentada e se torna bichinho de estimação da Cassie, é tratada como um macho, mas ela parece ser uma formiga operária, que é uma classe composta totalmente por fêmeas.

1. 2006
A ideia para um filme do Homem-Formiga já rola desde pelo menos 2006, quando Edgar Wright mostrou o seu interesse para a Marvel para dirigir o filme. Em 2008, quando o universo Cinematográfico da Marvel foi anunciado e formado e o filme dos Vingadores foi anunciado 2010, especulava-se quais heróis iriam aparecer. Os rumores indicavam que o filme talvez saísse em 2011, mas os vários atrasos e investimentos feitos em outros longas o atrasaram para 2015.


Tem na Netflix, vamos assistir? Até mais!

Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

Seja o primeiro a comentar.

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.