Resenha: Os Cavaleiros do Inverno, de Cecília Reis

quarta-feira, junho 20, 2018

Se você está procurando uma fantasia nacional que toque em diversos temas, que tenha magia, uma princesa, seres fantásticos e discussões profundas sobre a vida, o universo e tudo mais precisa ler Os Cavaleiros do Inverno, de Cecília Reis.



O livro
Anelise perde a mãe e sua vida muda drástica e repentinamente. Ela é uma garota comum, com as preocupações comuns de qualquer adolescente de sua idade, mas quando sua mãe viaja e morre no processo todo o seu mundo se transforma. Não apenas ela precisa lidar com a dor da perda, das palavras não ditas, dos momentos que se foram, como agora ela precisa lidar com seres que invadem seu apartamento. Segundo eles, Anelise não é humana e é função deles protegê-la.


A confusão que sentimos no começo, com nomes, títulos, personagens, situações novas, é a mesma de Anelise. Se nós não estamos entendendo o que está havendo, ela menos ainda. Nem todos esses demônios são criaturas simpáticas e todos parecem carregar uma grande tensão. E não é para menos: Anelise é a Princesa da Corte do Inverno e na disputa pelo título, Anelise está na lanterninha.

Uma profecia por sua vez aponta que Anelise é a escolhida, apenas não disseram que isso seria fácil. Ela terá que enfrentar o medo, a desconfiança, a solidão, para poder descobrir quem é e qual sua missão neste novo mundo de seres que se descortina diante dela. Os demônios só têm o nome emprestado das criaturas bíblicas, então não precisa ficar com medo deles.

Se bem que alguns deles são bem irritantes, agressivos até e Anelise não entende o porque de tanta antipatia. A narrativa de Cecília é bem rica em detalhes, que por sua vez pode tornar a leitura um tantinho devagar em alguns momentos, enquanto estamos tentando nos acostumar a este novo mundo de Anelise, que sente que não conhecia a mãe tão bem assim. Por ser o primeiro volume de uma série, é necessário explicar uma série de contextos para fazer você se situar e isso pode ser meio cansativo às vezes.

Não havia nenhuma resposta ali. Só mais daquele desconforto. Eu não conhecia minha mãe tão bem quanto gostaria.

A magia deste novo mundo invade seu apartamento, que acaba se tornando um refúgio, um lugar onde os demônios podem proteger Anelise e se preparar para os desafios impostos à Anelise. Com a sensibilidade da escrita de Cecília, você vai torcer por Anelise, vai se irritar com ela, vai querer lhe abraçar, tudo isso junto e misturado.

Ficção e realidade
Além de ilustradora e designer, Cecília é uma das mais criativas e prolíficas escritoras brasileiras do cenário fantástico nacional. Escrevendo de maneira profissional desde 2015, ela tem um Medium excelente, com dicas de escrita e de como ela criou uma maneira própria pra escrever.


Ser sincera é uma atividade de esforço, um exercício de cavar as palavras de tão fundo de dentro de nós que acabamos exaustos.

Pontos positivos
Protagonista feminina
Demônios
Autora nacional
Pontos negativos

Pode ser meio devagar
É muito curto

Título: Os Cavaleiros do Inverno
Série Hiemis
1. Os Cavaleiros do Inverno
2. Os Servos do Duque
3. O Senhor dos Sonhos
4. Os Votos da Princesa
Autor: Cecília Reis
Editora: Wish
Páginas: 115
Ano de lançamento: 2016
Onde comprar: Amazon

Avaliação do MS?
Este é um daqueles livros que dão uma aquecidinha no coração por saber o quanto nossa literatura e nossas autoras são criativas e estão produzindo material de primeira. Na Amazon você encontra os quatro volumes acima listados se quiser dar aquela maratonada. Quatro aliens e uma forte recomendação para você ler também.


Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

Deixe seu comentário!

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes