10 coisas que você não sabia sobre Alien vs. Predador

domingo, maio 06, 2018

Alien vs. Predador (2004) é um dos filmes que eu mais gosto dentro da franquia Alien, mesmo não sendo lá essas coisas. O motivo? Alexa Woods (Sanaa Lathan). Não é qualquer pessoa que consegue sobreviver ao embate entre um Alien e um Predador, minha gente! O Sr. Weyland (Lance Henriksen) monta uma equipe de especialistas para investigar uma estranha assinatura na Antártica, sob uma grossa camada de gelo. E descobrem uma pirâmide que guarda o terror!




Dirigido por Paul Anderson e com roteiro do diretor de ninguém menos que Dan O'Bannon (roteirista de Alien, o Oitavo Passageiro), o filme contou com 60 milhões de dólares de orçamento e foi considerado um sucesso comercial, faturando mais de 172 milhões em bilheteria. Isso levou o estúdio a rodar um segundo filme, Alien vs. Predador: Réquiem.

10. O conceito em Predador 2
O quadrinho original de Aliens versus Predador é de 1989. Foi publicado por Randy Stradley e Chris Warner depois que o esqueleto de um alien teria sido visto na sala de troféus de um predador em Predador 2 - A Caçada Continua (1990). Assim, o roteirista Peter Briggs rascunhou um script e submeteu à 20th Century Fox em 1991, detentora dos direitos sobre os filmes. O projeto, no entanto, só começou em 2002. Desde o quadrinho, a história já transcendeu a plataforma original, tendo se desdobrado em filmes, videogames, incluindo para computador, brinquedos e até uma série de cartas.

9. O Incidente Vela
O filme se desenrola na Ilha Bouvet, na Antártica, que é onde aconteceu o chamado Incidente Vela, em 22 de setembro de 1979. Um duplo flash de luz não identificada aconteceu no continente antártico e foi captado pelo satélite norte-americano OPS 6911. Algumas teorias apontavam que os flashes eram resultado de dois testes nucleares feitos por Israel e África do Sul. O que gerou ainda mais controvérsia foi o fato de não terem sido captados picos de radiação por nenhum avião que sobrevoou o lugar. O incidente permanece um mistério e dados sobre a investigação ainda são confidenciais.

8. Charles Bishop Weyland
Lance Henriksen interpreta o presidente e co-fundador da "companhia", a Weyland-Yutani. Foi baseado nele que a série de androides chamada Bishop foi criada e que aparecem em Aliens, o Resgate (1986) e em Alien 3 (1992), os dois interpretados por Lance. Tanto que enquanto está no escritório no navio, rumo à Antártica, o Sr. Weyland faz o mesmo truque com as mãos que o androide faz em Aliens (1986).

7. Os predadores
O ator Ian Whyte interpretou quase todos os predadores do filme. Para aguentar o peso da roupa, ele treinou corrida na praia com pedras presas à roupa para se acostumar ao traje. Ian é o primeiro a usar a máscara de Predador desde a morte do ator original, em 1991, Kevin Peter Hall. Todas as máscaras foram baseadas nos predadores do segundo filme e não do primeiro. Ian também interpreta os predadores da sequência e um dos engenheiros em Prometheus (2012).

6. Efeitos especiais
O diretor quis limitar o uso de efeitos gerados por computador ao máximo. Segundo ele, monstros digitais não parecem tão assustadores do que aqueles que são "reais". Assim a produção precisou abusar de bonecos, maquetes, cabos, trajes e máscaras para dar vida aos aliens e aos predadores. A Rainha Alien, duas vezes maior do que aquela vista em Aliens, O Resgate, tinha um boneco articulado de dois metros de altura e manipulado para parecer ter 5 nas telas, precisando de 12 técnicos para operá-la. Para os predadores, 16 trajes diferentes foram criados, cada um focando em uma determinada parte do corpo para cenas específicas, com seis trajes completos para Ian Whyte.

5. Acidentes
Na luta contra um dos predadores, o ator dinamarquês Carsten Norgaard quebrou uma costela. Mas o ator não se ligou que a dor que sentia poderia ser de uma costela quebrada e continuou trabalhando. Foi só no dia seguinte, quando a dor piorou, é que ele descobriu que tinha se machucado seriamente.

4. Sanaa Lathan
Muitas atrizes fizeram o teste para o papel principal, de Alexa Woods. Quando a equipe estava a ponto de se desesperar, a atriz Sanaa Lathan foi escalada e enviada para Praga, onde o filme foi rodado, apenas uma semana antes das filmagens começarem.

3. Ridley Scott odiou
O diretor de Alien, o Oitavo Passageiro, chegou a se envolver inicialmente com a produção, com um roteiro rascunhado por James Cameron. Mas quando o estúdio optou por usar o crossover com o Predador, todos eles se afastaram do projeto. Scott até chegou a dizer que nunca mais trabalharia com Alien novamente, mas acabou fazendo a burrada de criar Prometheus e Alien Covenant.

2. James Cameron curtiu
Em um primeiro momento, James disse que fazer o crossover arruinaria com a franquia definitivamente e se afastou de qualquer produção relacionada a Alien. No fim, ele acabou curtindo muito o filme e disse que hoje é um dos seus favoritos.

1. Já pode pedir música no Fantástico
Com este filme, Lance Henriksen é o segundo ator a ser atacado por um Exterminador, por um Alien e por um Predador. O primeiro foi Bill Paxton.


Você sobreviveria a esse embate? Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

1 Comentário

  1. Olá capitã!
    Eu amo esse filme! Acho que devo ter assistido mais de 5 vezes!
    Muito legal mesmo essas curiosidades, não sabia de muitas delas até então.

    Saudações!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes