10 coisas que você não sabia sobre O Último Guerreiro das Estrelas

domingo, agosto 06, 2017

Aquele clássico do Cinema em Casa que você deve ter assistido umas duzentas vezes! Nele, um adolescente chamado Alex Rogan é viciado em um jogo de fliperama chamado "Starfighter". Ao se tornar o jogador de maior pontuação, ele é abordado por Centauri, o inventor do jogo, que o convida para um passeio. Mas o carro de Centauri é na verdade uma nave espacial!

10 coisas que você não sabia sobre O Último Guerreiro das Estrelas



Lançado em 1984 e com um orçamento tímido de 15 milhões de dólares, o longa arrecadou no primeiro final de semana cerca de 6 milhões e fez, nos Estados Unidos, quase 30 milhões de dólares de bilheteria. Foi o último filme do ator Robert Preston, que interpretou o inventor do jogo.

10. Tem livro
O sucesso do longa gerou uma novelização do roteiro pelas mãos de Alan Dean Foster, lançada no mesmo ano. Infelizmente, o livro não está disponível para venda, mas fica aí a dica para alguma editora brasileira bem intencionada.

9. Pioneiro
Junto de TRON, este foi um dos primeiros filmes a utilizar cenas geradas em computador para os efeitos especiais (tirando as cenas de explosões e a maquiagem). As imagens foram geradas em um computador Cray X-MP, que era o mais rápido entre os anos de 1982 e 1985, contando com surpreendentes 16 MB de memória.

8. Fliperama
O roteirista Jonathan R. Buetel trabalhava em uma agência de publicidade no início dos anos 1980 e um dia, rodando por um fliperama, parou para assistir a um garoto jogando. Foi então que ele pensou em transformar o jogo em um tipo de lenda arturiana, como a espada encravada na pedra que clama por um herói que possa tirá-la de lá. Quando o jogo alcançasse sua maior pontuação, ele encontraria o escolhido. O filme também puxou inspiração de O Único e Eterno Rei, de T.H. White.

7. Peruca
O ator Lance Guest, que interpreta o adolescente Alex Rogan, precisou usar uma peruca em cenas adicionais do longa. Um teste com a audiência mostrou que as cenas da Unidade Beta de Alex eram o alívio cômico do filme e o diretor Nick Castle decidiu aumentar estas cenas para suavizar o tema sombrio do enredo. Como o ator já tinha cortado o cabelo com o fim das gravações, tiveram que improvisar uma peruca, que ficou bem visível.

6. Mudanças no roteiro
Steven Spielberg e George Lucas vinham lotando os cinemas com seus filmes de ação e ficção científica naqueles anos. Assim, o roteiro precisou passar por várias modificações para fugir de cenas e temas já tratadas pelos dois diretores. Por exemplo, Alex mora com a mãe e o irmão em um estacionamento de trailers, mas no roteiro original era no subúrbio. Isso foi modificado para fugir de filmes como E.T. e Contatos Imediatos de Terceiro Grau.

5. Wil Wheaton
Wil Wheaton, o garoto Wesley Crusher, de Star Trek, teve várias cenas cortadas no longa. Ele era um dos amigos de Louis, irmão de Alex. Marc Alaimo, conhecido por seu magistral papel de Gul Dukat, em Deep Space Nine, também aparece no filme.

4. Star Car
O carro que Centauri usa para levar Alex para um passeio foi inspirado no DeLorean, em especial as portas. O motor era da Volkswagen, com a carcaça coberta por placas de metal, mas além de fazer muito barulho e de não correr muito, o carro se recusava a funcionar na maioria das vezes.

3. Atari
Há rumores que a Atari teria produzido um protótipo de jogo para o longa, mas que hoje estaria perdido. Na época não havia nenhuma tecnologia real que se assemelhasse os gráficos 3D da máquina que Alex joga. O mais avançado para a época era o Atari 5200.

2. Conspiração
Uma lenda urbana diz que O Último Guerreiro das Estrelas foi inspirado no famigerado jogo "Polybius", que causaria convulsões, amnésia e pesadelos em todos que o jogaram. A lenda diz também que o jogo era parte de um projeto secreto do governo para coletar dados extrassensoriais dos jogadores. Ele teria surgido nos subúrbios de Portland, Oregon, em 1981, mas na verdade ninguém nunca conseguiu provar que o Polybius alguma vez existiu.

1. Sequência engavetada
Uma sequência foi anunciada em 2009, chamada apenas de "Starfighter". Passando-se 20 anos depois do original, ele traria o irmão de Alex, Louis, que sentindo falta do irmão, se tornaria um guerreiro estelar também. Uma segunda versão do roteiro traria uma filha ou filho de Maggie e Alex, que seria recrutada por Xur. Uma série de TV também tinha sido pensada, mas nada foi feito até agora.


Sentiu saudade? Eu também!

Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

2 comentários

  1. Caramba, tinha meses tentando me lembrar desse e de outros clássicos de fc da década de 80. Valeu Sybylla!!!

    ResponderExcluir
  2. Ótimas informações e texto. Uma pena que não tenham lançado o Blu Ray (assim como o de Rockteer) aqui no Brasil. A última vez em que vi Lance Guest foi como pai de uma das pacientes do Dr. House, mas na mesma hora, apesar do cavanhaque que ele usava, lembrei de Alex Hogan.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes