10 coisas que você não sabia sobre O Quinto Elemento

segunda-feira, abril 24, 2017

O Quinto Elemento já é considerado um grande clássico de ficção científica, uma aventura cyberpunk colorida, divertida e com uma heroína destinada a salvar o universo do mal. Com um elenco de peso protagonizando nossos intrépidos heróis, é um filme reconhecido por seu figurino, assinado pelo grande Jean Paul Gaultier e com top models tendo pontas no longa.




Le Cinquième Élément estreou no Brasil em 23 de maio de 1997 e contou com os quadrinistas Jean Giraud, ou Moebius, e Jean-Claude Mézières na produção.

10. Foi caro
Na época do lançamento, O Quinto Elemento foi o filme mais caro feito fora dos Estados Unidos. Cerca de 90 milhões de orçamento total, faturando no mundo todo cerca de 264 milhões de dólares.

9. Explosivo
A explosão à bordo da imensa nave de cruzeiro em órbita do Paraíso Fhloston foi a maior explosão em estúdio já gravada. O incêndio que veio em seguida, porém, quase saiu do controle da equipe de efeitos.

8. Diva Plavalaguna
Ninguém sabia qual era a aparência da Diva (interpretada por Maïwenn Le Besco) até a atriz pisar no palco para gravar a cena. O diretor queria captar a surpresa genuína de atores e figurantes quando ela surgisse. "Plava" vem da palavra sérvia para azul no feminino (no masculino é "plav"). Laguna tanto no sérvio quanto no latim é "lagoa". Seu nome foi inspirado em um resort em Porec, na Croácia, onde Luc Besson costumava passar férias.

7. Prince
O projeto do filme estava engavetado por falta de verba. Luc Besson queria Mel Gibson, Julia Roberts e Prince como protagonistas do longa, em 1992. Luc Besson escalou Jean Paul Gaultier para assinar o figurino do filme e Prince não ficou nem um pouco satisfeito com o look de Ruby Rhod. Ele achou "muito afeminado". Chris Tucker pegou o papel em seu lugar.

6. Ninguém sabe
Apesar de uma das cenas mostrar que o filme se passaria 300 anos depois, contando a partir de 1914, quando os Mondoshawans vieram à Terra, ninguém sabe direito o ano correto. Quando o despertador de Korben Dallas o acorda, ele diz que é 2263. Mas nos extras do DVD, Luc Besson disse que era em 2257. E no livro que conta a história do Quinto Elemento, ele diz que era em 2259.

5. Roteiro original
Luc Besson escreveu o roteiro original do longa quando ainda estava no ensino médio. Ele concebeu o enredo e o universo do filme quando criança. Aos 16 começou a rascunhar o roteiro, mas o filme só seria lançado quando ele tinha 38 anos. Na verdade, era para ser uma trilogia, mas faltou dinheiro para os outros dois roteiros.

4. Peruca
Foi decidido que o cabelo natural de Milla Jovovich deveria ser descolorido e pintado de laranja para dar aquele ar estranho à Leeloo. Porém o cabelo da atriz ressecou e começou a quebrar de tanta química aplicada várias vezes para manter a continuidade. Assim. eles tiveram que improvisar uma peruca para a atriz poder terminar as filmagens.

3. Boglins
Os parasitas especiais que infestavam o trem de pouso da nave que ia para o Paraíso Fhloston eram na verdade os Boglins, uns bonecos coloridos de borracha que fizeram sucesso nos anos 80. Junto, para dar efeito de movimento, tinham alguns Bumble Ball, cobertos com uma camada de borracha para parecer Boglins.

2. Surpresa genuína
Quando Leeloo e Korben se encontram pela primeira vez, Bruce Willis não tinha ideia do que Milla diria a ele. A surpresa em sua cara é genuína. Milla aliás competiu com outras três mil mulheres pelo papel.

1. Luc e Milla
O diretor Luc Besson era casado com a atriz Maïwenn Le Besco. Os dois se casaram em 1992, ele com 33, ela com 16 anos. Durante as filmagens de O Quinto Elemento, Luc largou a esposa grávida para ficar com Milla, com quem ficou casado por apenas dois anos. Que primor esse homem...


Pegue seu Passe Múltiplo e abra a Netflix, onde o filme está disponível.

Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

2 comentários

  1. Tinha ouvido que Plava Laguna era uma homenagem ao primeiro papel de Milla Jojovich no filme Lagoa Azul 2. Que coincidência estranha, se ignorarmos o fato que Luc Besson acabou casando com a menina.

    ResponderExcluir
  2. Sem falar na Trilha sonora do filme que é demais! Diva e Alech Taadi são minhas favoritas.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes