10 dicas para quando encontrar os aliens

terça-feira, novembro 11, 2014

UZALIEN! Corram para as colinas! Você vai dar de cara com os sujeitos, mas e aí, como agir? O que vestir? Como se comportar? Será que eles podem ficar ofendidos com um simples apertar de mãos? Difícil dizer, não é mesmo? Por isso, o site ListVerse criou uma listinha básica com alguns passos a seguir antes de encontrar com uzalien. Eu traduzi e reordenei do meu gosto. Mas você pode acessar a lista original aqui.





10. Não seja ameaçador
Imagine você chegando, pela primeira vez, na casa de alguém e ao invés de se deparar com um aperto de mão e um cafézinho colocam logo uma arma na sua cara? Então, não faça isso com os alienígenas. Se os caras quisessem você morto, eles não teriam te abduzido, certo?


Os caras viajaram centenas, milhares de anos luz para bater um papo e a gente já chega com o pé na porta? Não pode, portanto evite parecer ameaçador, seja nos gestos (muito amplos podem significar ameaça), seja na entonação de voz (dá para perceber agressividade na voz das pessoas). Trate o alien como você gostaria de ser tratado. Agindo com gentileza pode até evitar que seus órgãos sejam removidos, olha que legal.


9. Ignore certos costumes
Se esses aliens forem humanoides, alguns dos nossos atos e costumes podem ser bem significativos para eles, como apontar algo estranho. Mas algo que possa ser comum para nós, pode soar extremamente ofensivo para os visitantes. Você não quer ser pulverizado logo no primeiro encontro com eles por ter tossido na hora errada. Se não forem humanoides, a coisa piora consideravelmente, qualquer coisa pode soar perigosa para eles.


Assim como eles podem ter alguns costumes e gestos estranhos, o jeito aqui é manter a calma e tentar ignorar alguns atos deles que pareçam estranhos ou bizarros. A linguagem corporal é poderosa e pode passar a impressão errada justamente numa hora delicada. Evite gestos desnecessários, fale calma e pausadamente, que deve dar tudo certo.


8. Seja humilde
Se os aliens já perceberam que você é uma criatura inteligente, com intelecto superior e córtex pré-frontal bem desenvolvido, pode ser que agora te enxerguem de maneira diferente. Quem sabe até você vire um parceiro de viagens intergalácticas. Mas primeiro estabeleça uma comunicação básica e direta com eles.


Feito isso, evite a todo custo falar das maravilhas da humanidade, nossas conquistas e o quanto gostamos de chocolate. Não dance a Macarena para mostrar a habilidade dos membros inferiores dos humanos. Evite qualquer coisa que possa parecer que você é membro de uma raça que quer parecer superior a eles. E lembre-se: nesta situação você é um representante da raça humana inteira, e nem todo mundo vai concordar com você. Humildade acima de tudo.


7. Seja diplomático
Agora que você já conseguiu se comunicar com certa elegância, agora que já provou ser inteligente e ainda não foi pulverizado, é hora de ser diplomático. Tente conseguir informações sobre o lugar de origem destes aliens. Tente descobrir como é a cultura deles, tecnologia, ciência, tente aprender alguma coisa com eles. Um povo que pode viajar de um sistema solar para outro, certamente, tem muita bagagem.


Crie uma ponte, onde você possa descobrir coisas sobre eles e eles da gente. Não adianta encher os aliens com perguntas e não responder nenhuma, porque isso não vai dar certo. Não minta, porque se eles puderem sintonizar nas nossas TVs eles vão saber que não somos pacíficos e que nem sempre usamos a inteligência. Faça com que eles queiram ficar por nossas virtudes, mas se eles não quiserem diga que serão bem vindos futuramente. Boa vizinhança sempre.


6. Não esconda coisas de valor
Não há como saber o que é valioso para seres que vieram de fora da Terra. É bem possível que estes seres não deem valor a ouro, diamantes ou terras raras. Quem pode viajar pelo espaço, certamente, tem ao seu dispor qualquer elemento que eles queiram, portanto eles não virão aqui para roubar água.


Porém, artefatos culturais podem ser muito interessantes para que eles possam nos estudar e assim conhecer mais sobre a vida pelo universo. Tente fazer com que eles não roubem as Pirâmides de Gizé, mas mostre a eles o valor que essas coisas têm para nós e ofereça outra coisas, como produtos artesanais de diversas culturas.


5. Chame a atenção deles
Se analisarmos que existem milhões de espécies de insetos, aves, répteis, milhares de espécies de mamíferos, e só uma raça humana, você tem sorte de estar na companhia de aliens que ainda não quiseram conduzir experiências desagradáveis em você. Desta forma, convém tentar chamar a atenção deles.


Mostre-se observador e atencioso, tente cooperar com o que eles querem e interaja com todos, sem bajular aquele que você crê ser o capitão. Evite tocá-los, pois eles podem ser tóxicos ou venenosos ao toque e também pode ser considerado uma violência. Seja paciente, mas sempre atento aos visitantes e tente parecer interessado neles tanto quanto eles estão em você.


4. Use a Matemática
Existem mais de 7 mil idiomas no planeta Terra. Como traduzir isso e explicar para o alienígena que o português de Portugal é diferente do Português brasileiro, apesar de serem ambas o mesmo idioma? Dureza, né? Desta forma, a melhor maneira de se comunicar com os aliens ainda é a matemática.


Como ela é uma linguagem universal, talvez seja o caminho mais curto para poder estabelecer uma comunicação decente com eles. Isso se eles tiverem estruturas cerebrais às nossas e a mesma aptidão para este tipo de comunicação. E se eles forem cegos? Ou se enxergarem apenas raios-X? E se forem telepatas? Você terá que ser criativo para entrar em contato com eles. Usar o sistema decimal pode ser uma alternativa.


3. Use a Astronomia
Se a matemática ainda impuser algumas dificuldades de comunicação, utilizar os modelos astronômicos podem ser uma boa. Desenhar o nosso sistema solar ou fazer um modelo dele de forma que os aliens possam entender nossa posição no cosmos também é uma demonstração de inteligência. Não use setas ou símbolos que são típicos nossos, apenas se atente para as formas básicas.


Mesmo que os planetas não sejam esferas perfeitas, a esfera é uma forma e um símbolo universal. Giotto, numa demonstração de perfeição artística, desenhou um círculo perfeito e à mão livre. Pense no tipo de mensagem poderosa que é fazer algo assim e os aliens, certamente, vão entender a mensagem.


2. Consiga provas
A gente sabe como que o pessoal que alega ter sido abduzido é tratado por aqui, não é mesmo? Descrédito total (sendo que, em geral, é pura enganação), portanto quando você voltar, tenha junto de você algumas provas de que esteve na companhia de aliens. Mostrar cicatrizes de sondas e experiência não vai convencer ninguém, portanto seja mais criativo.


Não traga de volta da nave algo que possa ser facilmente fabricado por aqui. Tente explicar aos aliens que você precisa provar na Terra que esteve em contato com eles e peça algo que seja, indubitavelmente, alienígena. E diga como se usa, vai que é um equipamento? Tenha certeza de que não rirão na sua cara quando chegar em casa.


1. Mostre as provas para todo mundo
Chegou em casa, são e salvo, com todas as partes no lugar do encontro com os aliens? Então bora mostrar para todo mundo que encontro magnífico que foi. Não adianta guardar as provas para você e ficar dizendo "olha só, fui abduzido, acreditem em mim". Se você tive provas irrefutáveis, anuncie para o mundo e entregue-as para análise em institutos especializados.


Reporte tudo ao seu governo e não dê entrevistas para aquelas revistas de fenômenos ufológicos e fanzines obscuros, isso vai tirar sua credibilidade. Entrevista para o History Channel? Nem pensar! Vai te derrubar mais ainda.


Espero que sua abdução seja agradável depois destas dicas e depois volte aqui para contar tudinho.

Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris