As mulheres de Babylon 5

quinta-feira, maio 29, 2014

Babylon 5 é pouco conhecida no Brasil. Mas é uma das melhores séries já produzidas para a televisão e diz a rádio-peão intergaláctica que Deep Space 9 roubou a ideia de uma estação em espaço profundo e a estreou antes. As comparações foram imediatas, mas os enredos são completamente diferentes. E assim como seu enredo, suas mulheres são fortes, marcantes, uma diferente da outra.







Babylon 5 estreou na TV norte-americana em 26 de janeiro de 1994, mas seu episódio piloto foi veiculado em 22 de janeiro de 1993. Seu episódio final foi ao ar em 25 de novembro de 1998 e contou com filmes para a TV e vários produtos licenciados. Temos menos raças alienígenas do que encontramos em Star Trek, mas o enredo foi tão brilhantemente amarrado, que temos começo, meio e fim de vários eventos que apareceram na primeira temporada e depois ressurgem duas, três temporadas seguintes, justificando aquele ato. Neste meio tempo, temos mulheres incríveis em posições de comando, liderando seus povos ou agindo como espiãs para poderosas organizações.


Comandante Susan Ivanova
Ivanova é, talvez, uma das grandes mulheres de toda a ficção científica, junto de Ellen Ripley, Capitã Janeway e Starbuck. Extremamente dedicada ao trabalho, ignorando até mesmo sua vida pessoal, Susan rompeu relações com o pai quando se alistou na Aliança Terra depois da morte do irmão. Os dois ficaram anos sem se falar, enquanto ela ascendia na carreira com o fruto do seu trabalho, chegando ao posto de tenente-comandante da estação Babylon 5, uma estação diplomática em espaço neutro para tratar de assuntos comerciais com raças alienígenas. Ela parece ser muito séria e fechada, mas é leal aos amigos e extremamente sensível. Seu coração foi machucado tantas vezes que ela não deixa ninguém se aproximar, e quando tentaram e ela deixou... seu coração foi traído.


Delenn
Delenn não é humana, apesar de parecer. Ela pertence à raça dos Minbari, uma avançada e pacífica civilização, mas que por conta de um mal entendido quase dizimou a raça humana em uma guerra que durou dez anos. Delenn se sente responsável por ela, já que estava no Conselho Ancião no momento do primeiro contato. Líder da casta religiosa, uma poderosa política entre seu povo, Delenn largou seu posto no Conselho para ser diplomata em Babylon 5, seguindo uma antiga profecia. Muito calma, porém determinada, não é de bom tom se meter em seu caminho, pois além de ser muito boa na retórica, ela também tem sob seu comando dezenas de naves de batalha, o que, em geral, enaltece a agressividade da maioria dos inimigos.


Lyta Alexander
A primeira telepata comercial da estação, assim que foi inaugurada, era Lyta. Depois de um incidente envolvendo um poderoso embaixador alienígena, ela foi chamada à Terra para interrogatório e desapareceu. Ela volta para a estação mais de um ano depois com notícias estarrecedoras: havia um espião da Psi Corps. entre eles, e essa pessoa era alguém próxima do comando. Lyta se tornou uma peça central e importante em várias frentes de luta da tripulação de Babylon 5 devido seu dom telepático, mas via-se constantemente sozinha, sem dinheiro e sentia-se usada por tanta gente, bem como via isso acontecendo com toda a sua raça. E quando mais precisava, costumavam dar-lhe as costas. No fim, ela se tornou tão perigosa que acabou exilada para o bem de todos. Na verdade, ela era mais incompreendida do que temida.


Talya Winters
Assim que Lyta foi chamada à Terra para interrogatório, a Psi Corps. enviou uma segunda telepata comercial para Babylon 5, que era Talya. Muito simpática, meiga e tentando fazer amizades, ela primeiro se aproximou de Susan Ivanova, que demorou para demonstrar qualquer sinal de confiança à Talya devido suas experiência com telepatas quando criança. As duas se tornam amigas e Talya vira um importante membro da tripulação. Quando Lyta retorna para a estação, Talya e Susan estão quase desenvolvendo um relacionamento íntimo - algo que inovou a televisão na época - mas para a desagradável surpresa de todos, o espião secreto era Talya. Ela então é enviada à Terra e presume-se que tenha sido morta na mão da Psi Corps..


Na'Toth
A auxiliar diplomática do embaixador G'Kark, dos Narn, é uma das mais fortes também. Dona de um humor ácido, ela é a intermediária entre o embaixador e todos os outros que queiram lidar com ele. Sua capacidade de descobrir fatos e segredos sempre ajudou G'Kar em várias situações, inclusive quando um membro de um sindicato do crime de Narn tentou matá-lo. Por um momento, você chega a pensar que ela é uma traidora, mas no segundo seguinte ela estará lutando para defender sua raça e sua liberdade, já que os Narn viveram décadas sobre controle dos Centauri. Uma pena que na segunda temporada seu personagem foi menos aproveitado, até que enfim foi cancelado, pois Na'Toth era incrível.


Capitã Elizabeth Lochley
Quando o capitão Sheridan foi exonerado de seu cargo de comandante da estação, ele mesmo indicou Lochley em seu lugar. Por conhecê-la bem, afinal foram casados brevemente, ela não é muito bem-vinda ao chegar em Babylon 5. Como ela lutou ao lado do governo tirano durante a guerra civil, muita gente achou que Elizabeth era uma traíra e que poderia colocar a todos em risco devido sua escolha. Isso gerou conflitos com a equipe e com alguns dissidentes, mas por várias vezes ela se mostrou firme tanto de caráter quanto no pulso para lidar com várias crises dentro da estação, que tem 250 mil habitantes e também fora, com ataques e tentativas de invasão.


Se você nunca assistiu Babylon 5, vale só para ver estas mulheres em ação. Os efeitos especiais hoje podem parecer meio amadores, mas na época eles foram uma sensação, já que era a pioneira em usar computação gráfica ao invés de naves em escala, como a galera de Star Trek fazia. Infelizmente, você não achará para vender as caixas de DVDs, que estão esgotadas há anos até mesmo nos Estados Unidos. O jeito é recorrer ao bom e velho método Jack Sparrow e se divertir.

Até mais!



Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris