Resenha: Vós sois máquinas!, de Goulart Gomes

sexta-feira, fevereiro 08, 2013

Hoje a resenha é de um autor nacional. Li sobre o livro no blog É só outro blogue, do Tibor Moricz. O autor definiu o livro como sendo de distribuição gratuita e assim enviei um email perguntando como adquirir o livro, que ele prontamente me enviou por email em formato PDF.




O livro

Como o li no Kindle, precisei converter para MOBI, o que não afetou no decorrer da leitura. Goulart Gomes tem uma escrita concisa, sem tropeços, de maneira que ela flui muito bem desde o começo. Devo dizer que comecei o livro pensando que era um enredo um tanto diferente do que acabei lendo até o final. Ele se passa em 2245 após uma onda de cibersuicídios, que reduziu drasticamente a população de androides no mundo, retratado no livro anterior a este, chamado Deixando de Existir.


Na Andronics, uma empresa responsável por fabricar androides e tentar resolver conflitos, algo estranho acontece com o exemplar chamado de Andr-El. Um misterioso ponto de luz surge em seu campo visual que se comunica com o finado código Morse. Intrigado, Andr-El inicia uma comunicação com o ponto luminoso que se identifica como Patxa, uma entidade de outra dimensão, uma alienígena, que se mostra benigna, em missão para auxiliar a raça humana a evoluir e crescer. O enredo se passa no Brasil e o leitor é levado aos laboratórios de alta tecnologia ou ao meio da Amazônia, sempre com passagens bem escritas e maduras.

A influência de Isaac Asimov no livro é presente desde o começo. Em um determinado momento, inclusive, Andr-El enuncia as três leis da robótica. Mas o livro trabalha com o velho clichê do astronauta do passado e algumas vezes a entidade Patxa é enfadonha em relatar todas as vezes que seus representantes influenciaram na história humana, deixando uma impressão ruim, comum em muitos textos a respeito da influência de alienígenas no planeta, que os seres humanos são incapazes de crescer e evoluir sozinhos.

Devo dizer que os vilões do enredo precisavam de mais refino, maiores atuações e não aparecerem como meros coadjuvantes. Faltou um pouco mais de profundidade nestes personagens que praticamente desaparecem em alguns momentos. Houve uma ênfase excessiva na evolução espiritual do ser humano ditada por Patxa, quando o conflito de interesses entre as empresas sobre as revelações ditas pelo androide ganharam menos espaço do que devia.


Ficção e realidade
É interessante poder pensar como será a convivência do ser humano com androides e robôs no futuro. Nem digo a convivência com máquinas, pois já fazemos isso hoje com toda a parafernália que temos à nossa disposição. Inclusive, transferimos sentimentos e uma carga de emoções sobre marcas, celulares e tablets, o que dirá de um androide, capaz de nos ajudar com as tarefas domésticas e de conversar? No filme Vítima de um Desejo (1994), uma escritora se refugia nas montanhas na companhia de um androide e o reprograma para torná-lo seu amante ao se sentir carente. Seria uma previsão de um futuro com as máquinas?


Já sobre os alienígenas visitando a Terra para ajudar o ser humano a evoluir e crescer, esta parte eu discordo veementemente. Eu acredito que o ser humano é plenamente capaz de fazer tudo o que é supostamente atribuído à tecnologia alien. Como enredo de ficção científica é um clichê bastante aceitável. Gosto muito de Stargate, é uma das minhas séries prediletas, mas é um assunto já batido que se não for bem trabalhado não salva um enredo.


Pontos positivos
Bem escrito
Escrita madura e concisa
Boa análise da sociedade e tecnologia

Pontos negativos
Vilões mal trabalhados
Desfecho deixa perguntas


Título: Vós Sois Máquinas!
Autor: Goulart Gomes
N.º de páginas: 148
Preço: Direto com o autor - goulartgomes[arroba]hotmail.com


Avaliação do MS?
É muito gratificante ver autores nacionais escrevendo com a maturidade e com a facilidade de Goulart Gomes, criador do Poetrix. Como ele me disse em email, está procurando editora, o que mostra a pouca importância que o mercado literário dá à ficção científica, ainda mais a nacional. Espero ler mais obras deste autor e recomendo a leitura de Vós Sois Máquinas!, é um livro bom, que peca em alguns aspectos, mas certamente importante para enriquecer o cenário nacional. Três aliens para ele.



Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris