Terraformação é possível?

domingo, fevereiro 27, 2011

Terraformação, formar Terras. Esse processo até agora é hipotético, mas é um sonho que na ficção científica aparece costumeiramente. Consiste em transformar atmosfera, temperatura (o clima em geral) de um corpo celeste sólido para poder sustentar o ecossistema da Terra. Por que isso? Como nosso corpo está intimamente relacionado aos ciclos do planeta, qualquer alteração nas condições ambientais vai mexer com o bem estar humano, o que inviabiliza uma ocupação.



Vários filmes e livros já trataram da terraformação. No filme Aliens, o Resgate, o planeta possui processadores de atmosfera, que recicla o ar e o torna respirável. A tecnologia que torna isso possível não é revelada no filme, mas é algo que quem sabe, um dia, pode aparecer. Em O Vingador do Futuro, uma raça alienígena deixou pronto um sistema que derreteria a água congelada de Marte.

No entanto, nós não temos a menor ideia de como os aspectos geológicos, geoquímicos e meteorológicos alienígenas se comportarão com mudanças exógenas. Nem todos os planetas podem ser transformados de acordo com nossas vontades, pois existem planetas grandes demais, pequenos demais, gasosos, quentes ou gélidos, longe ou perto demais das estrelas. Seria preciso uma peneira muito específica para achar o planeta ideal com pelo menos uma gravidade similar, pois ela vai ser o diferencial na ligação e comportamento de moléculas. Os seres vivos são limitados pelas condições ambientais, que precisam ser ideais.

Se vamos mesmo ser colonizadores no futuro, e chuto alto, pelo menos quinhentos anos para uma colonização efetiva, como aquela que a gente vê nos filmes e nos livros, também precisamos resolver um segundo problema, esse com certeza o mais complicado de resolver: a questão financeira. Os recursos para terraformar um corpo celeste adequado, que já seria difícil de encontrar, seriam proibitivos. Como encontrar metano, amônia, algas em quantidade suficiente para transformar um planeta do tamanho de Marte, por exemplo? Que empresas se atreveriam a tentar, sendo que poderiam encarar o fracasso?

Por maior que seja o desenvolvimento da sociedade e por mais avançada que seja a tecnologia disponível, não há dúvida de que existe um limite intransponível.

Shigenori Maruyama

Somente um avanço na tecnologia espacial e de construção de módulos para colonização pode viabilizar esse projeto megalomaníaco. Mas não se pode esquecer que para a civilização ocidental (e cito a ocidental, pois é ela a responsável por boa parte da produção espacial e científica) chegar ao patamar atual, séculos se passaram. Revezes culturais e de desenvolvimento abateram as sociedades. Isso vai acontecer com a exploração espacial. Temos mais problemas em terra do que lá fora para resolver, talvez devêssemos nos concentrar nisso.

Até mais!

Imagem: Terraformação de Marte - Daein Ballard, Wikimedia Commons

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris