Resenha: Tudo o que você precisa saber sobre ciência, de Federico Kukso

Você já sentiu uma certa vertigem ao abrir as redes sociais e se deparar com um monte de notícias científicas e suas descobertas todos os dias? Chega a dar aquela vontade de fechar tudo e viver na ignorância, não é? Sei que tem muita coisa sendo feita e descoberta todos os dias e que muitas vezes a imprensa não sabe como passar essa informação ao público (e nem os cientistas). É aí que entra o livro de Kukso.



Parceria Momentum Saga e
editora Planeta


O livro
Não faz muito tempo atrás, uma pesquisa mostrou que o brasileiro confia mais em um líder religioso do que em um cientista. Pior ainda, a mesma pesquisa aponta que 90% dos brasileiros não conseguiram citar o nome de um cientista e 88% não souberam apontar campos de pesquisa no país. Isso é preocupante e aponta como que hoje vemos cientistas renomados tendo que explicar a esfericidade da Terra ou que as vacinas são seguras e devem ser tomadas, coisas básicas, que deveriam ser de conhecimento geral.

Resenha: Tudo o que você precisa saber sobre ciência, de Federico Kukso

Exista muita informação correndo solta pelas redes sociais, mas pouquíssimo conhecimento. Essa informação ainda por cima pode ser pura invencionice, mentira ou "fake news". Não é difícil deixar uma pessoa confusa com tanta coisa rolando por aí. É por isso que livros como este podemo ajudar a desmistificar, informar e ainda fornecer conhecimento básico sobre tecnologia e/ou ciência de ponta.

Este livro é isso: um GPS para que você não fique atordoado diante da avalanche de notícias científicas que nos invadem quando abrimos um jornal ou acessamos uma página na internet.

Página 11

Federico Kukso trouxe 50 assuntos que despertam o interesse, mas também deixa pessoas confusas ao ouvirem o assunto pela primeira vez. Por exemplo, dinossauros ainda estão vivos? Como assim?? Sim, as aves hoje são descendentes diretos dos dinossauros avianos que sobreviveram à extinção no final do Cretáceo. Ainda vemos dinossauros sendo descritos e mostrados, principalmente no cinema, como lagartões rudes, quando na verdade a ciência já venceu essa barreira há muito tempo.

Os Neandertais seriam nossos tatatatatatataravós? Na verdade eles pertenceram a uma outra linhagem de hominídeos. E o Projeto Genoma Humano? Que fim levou? Nosso DNA não é suficiente para explicar toda a complexidade humana como antes se pensava e o "DNA lixo" que antes achava-se que não servia para nada é fundamental para o funcionamento do nosso corpo.

É um livro com muita informação, ainda que tenha pouco mais de 200 páginas. Federico conseguiu condensar grandes temas em poucas páginas, sem perder o principal. Sua intenção não era formar doutores em ciência, mas em trazer conhecimento e organizar as ideias. De termos que já ouvimos falar a temas como biologia sintética, biomimética e Bóson de Higgs e robótica evolutiva, passamos por diversas áreas da ciência e o que de mais moderno vem sendo pesquisado e trabalhado.

É um livro também divertido, pois foi escrito para todos os públicos. Então curiosas de plantão vão se deliciar com as informações. Aqueles que estão buscando introdução a determinados temas, também vão curtir o livro que está bem dividido. Em cada capítulo temos uma breve explicação sobre o tema, com as tendências e descobertas mais recentes. Na base das páginas, há uma cronologia com os eventos mais importantes para aquele ramo. E no final tem uma frase que sintetiza o tema e uma indicação de música que tem tudo a ver com ele.

O livro está bem diagramado e traduzido por Bruno Mattos. Capa comum e páginas amarelas. Poucos erros ou problemas de revisão. Um ponto negativo é não ter imagens, ele é inteiramente de texto corrido. Nem mesmo uma tabela.


Obra e realidade
Lembro que nas aulas que eu dava sobre formação do universo, do sistema solar e da Terra, os olhos da grande maioria chegavam a brilhar. Eles perguntavam, se interessavam, queriam saber mais e mais e eu, sem recursos, sem condições de dar o meu melhor, fazia o que eu podia. O fato de hoje ter tantos brasileiros desconfiados da ciência mostra a profunda falha educacional em formar adultos que consigam entender conceitos básicos de ciência. E aí, bem... nós vemos as aberrações diárias de gente fazendo convenção de Terra "Plana" e sandices semelhantes.

Federico Kukso

Federico Kukso é um jornalista argentino especializado em ciências. Estudou no MIT e em Harvard. Escreve para diversas publicações, como o El País e a Scientific American.


Pontos positivos
Análise de tiroteios em escolas
Pesquisa
Bem escrito
Pontos negativos
Descrições explícitas dos crimes
Problemas de revisão
Preço

Título: Tudo o que você precisa saber sobre ciência
Título original em espanhol: Todo lo que necesitás saber sobre ciencia
Autor: Federico Kukso
Tradutor: Bruno Mattos
Editora: Planeta
Ano: 2019
Páginas: 288
Onde comprar: na Amazon


Avaliação do MS?
Foi uma ótima leitura. Foi divertida, instrutiva, com muitos fatos e temas recentes que vão deixar as pessoas curiosas muito satisfeitas com a leitura. Foi ótimo ler sobre coisas tão recentes, sobre coisas que serão tendência nos próximos anos. Livro mais que indicado para todo os públicos! Quatro aliens para o livro e uma forte indicação para você ler também!



Até mais!

A ciência é um antídoto contra a estupidez humana.

Página 11


Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

1 Comentário

  1. Adorei esta resenha, e outro livro que entra em minha lista, fiquei com muita vontade de ler!
    Em tempos em que falta esta conexão entre informação e conhecimento, como bem mencionaste em seu texto, são necessárias obras que tragam este conhecimento de forma acessível.
    Bom domingo, Sybylla!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.