Como ter foco e finalizar tarefas

Uma reclamação comum que vejo em muitos colegas blogueiros, escritores, redatores, ilustradores, é a questão do foco. Como ter foco, como se concentrar, como evitar as distrações e finalizar tarefas, especialmente quando estamos 24hs por dia conectados. Vou te dizer, não é fácil. Eu mesma ando com problemas para focar, para me manter atenta a um livro, por exemplo. Mas existem algumas coisas que a gente pode fazer para driblar a falta de concentração.

Como ter foco e finalizar tarefas



Percebi que estava com problema para me concentrar fazendo algo que eu sempre amei, que é ler. Eu começava a ler algo e de repente a cabeça divagava, eu começava a pensar em outra coisa e quando via cheguei ao final da página sem saber de nada do que tinha lido. Estamos constantemente cercadas de distrações. Se não são as tribulações do dia a dia, uma campainha tocando, o carteiro chamando, os gatos pedindo comida, é uma notificação nova no Instagram, um curtir naquela foto, um tuíte chegando. É muita coisa disputando nossa atenção.

E foco é necessário para tudo. Do piloto de avião ao blogueiro que precisa terminar seu post. A questão é: como? A situação é ainda mais difícil para os freelancers, que dependem do dinheiro que pode entrar ou não a qualquer momento e não têm um salário fixo, com dia certo para cair. Ele precisa trabalhar e gerar resultado o mais rápido possível. E veja, ter foco não é concentrar todas as funções em você. Quem puder delegar funções, delegue e se concentre naquilo que só você pode resolver.

Algumas pesquisas dizem que o cérebro humano só consegue se manter concentrado, sem pausas, por cerca de 90 minutos. E não culpe o cérebro por isso, ele não foi feito para manter o foco por tanto tempo sendo que recebe informações de nossos sentidos o tempo inteiro. Esses estímulos e informações que vêm de fora é que nós precisamos barrar para manter a cabeça na tarefa em mãos.

Corte as distrações
Meu celular só me notifica de duas coisas: ligação e WhatsApp. Eu tenho poucos contatos no Zap, então não tenho problema com mensagens de bom dia no grupo da família. Caso você tenha uma enxurrada de mensagens, silencie os grupos não essenciais e fique com os contatos de emergência, de trabalho e deixe o celular no modo silencioso ou de vibrar. Quanto às redes sociais, tire todas as notificações. Você não precisa correr para ver o último tuíte que menciona sua arroba, nem o que sua prima almoçou ontem. Veja depois, quando estiver voltando pra casa, no metrô, no trem, no trânsito, no banco do ônibus.


Registro
Enquanto está começando seu hábito, seria interessante você registrar o tempo que perde nas distrações e o tempo que usa para lidar com as tarefas. Pode ser no papel, pode ser em apps do celular, mas faz sim diferença você registrar o que faz. Colocando no papel o tempo que você perdeu no Facebook durante um dia pode te mostrar quanta coisa você poderia fazer com ele. Um app para se usar é o Moment, que monitora o uso que você faz do seu telefone, de longe uma das maiores fontes de distração atualmente.


Comece pequeno
Fixe metas pequenas. Por exemplo: termine aquela página do livro sem se distrair, sem pegar no celular, sem deixar a mente voar longe. Não deu certo? Comece de novo e foque na leitura. Faça isso até conseguir terminar aquela página, ou aquele parágrafo mais longo. Tal como um músculo, você tem que exercitar até fortalecer. Se você conseguir ler uma página inteira, consegue ler duas, três, dez e consegue se concentrar na tarefa que chegar.

Mesma coisa para outras tarefas: estabeleça dez minutos ininterruptos escrevendo ou desenhando. Pare, respire, tome uma água, vá ao banheiro. Volte e estabeleça agora 15 minutos. Isso é um exercício, você não chega na academia levantando o maior peso da rotina, você começa pelo mais leve; aqui é a mesma coisa.


Ruído de fundo
Gosto de colocar os fones de ouvido em músicas instrumentais, pois isso me isola de qualquer barulho que possa me distrair do lado de fora. No Spotify e no YouTube você encontra listas prontas que ajudam a criar um ruído benigno de fundo que te ajuda a se desligar do ambiente em que está. É você e seu trabalho. Não recomendo músicas com letra, seja no idioma que for, pois a voz pode acabar sendo uma distração.


Trabalhe em ciclos
Ter foco numa tarefa não quer dizer ficar horas concentrada nela. Lembra do lance dos 90 minutos? Seu cérebro vai começar a dar sinais de cansaço. Assim faça pausas. Programe o celular para te forçar a parar depois de um determinado período. Pode ser 25 minutos (técnica Pomodoro), pode ser daqui uma hora. Nessas pausas evite fazer coisas divertidas para evitar perder a concentração. Não abra aquele joguinho no Facebook. Tome um ar, prepare um café ou apenas estique as pernas uns minutos. Faça uns alongamentos caso volte a ficar sentada por muito mais tempo.


Combata a sensação de incompletude
O efeito Zeigarnik é aquela sensação de incompletude que sentimos quando começamos algo e não finalizamos. Ela nos obriga a concluir um projeto ou tarefa para evitar o sentimento de culpa. Sabe quando você abre o email e encontre cinco mensagens novas para responder? Aí você responde umas três, para, atende o telefone, olha o Instagram, curte uma publicação no Facebook, mas aqueles dois emails que você não respondeu vão ficar no fundo da sua memória de incomodando. E por ser inconsciente, você vai se atrapalhar enquanto a sensação de não ter feito algo continuar te incomodando. Uma vez que começou algo, termine. Não pare.


Crie um espaço confortável sem distrações
O Windows 10 tem uma ferramenta de assistente de foco que corta as notificações que você receberia. Eu já tirei todas as notificações que podem me atrapalhar, mas cada vez que entrava um email, lá aparecia a mensagem no cantinho. O sistema operacional também tem a luz noturna, que exibe cores quentes na tela e filtra a luz azul, que deixa a gente "ligadona". Você pode inclusive programar para que a luz noturna entre quando o sol se põe. Assim sua mente relaxa e você se sente mais confortável para trabalhar.

Como meu navegador não tem notificações, eu o deixo aberto e uso para pesquisas, com todas as redes sociais fechadas. Mas se você não quer cortar as notificações, estabeleça um navegador apenas para momentos em que você precisa se concentrar. Exemplo: se todas as suas redes e emails estão conectados com o Chrome, use o Firefox apenas para pesquisas enquanto trabalha. Não logue nenhuma rede nele, é apenas para ajudar no trabalho.

Se você quer radicalizar e precisa de um ambiente blindado, transforme seu computador em uma máquina de escrever. Essa dica é do Rodrigo Van Kanpen. Sabe a sua conta padrão do Windows? Você vai criar outra, bem básica, sem distrações na tela inicial, com apenas um navegador e seu programa de escrita/trabalho favorito. Quando você for escrever ou desenhar e precisa de foco total, você loga na sua conta da "máquina de escrever". Como já definiu zero distrações, não precisa alterar nada na sua conta principal.


Separe o trabalho
Se caiu um projeto novo na sua mão, divida-o em partes: pesquisa, esboço, estrutura, introdução, conclusão. Termine uma, comece a outra. Não corra para o final na tentativa de terminar as coisas mais rápido. Siga os passos, complete cada tarefa e passe para a seguinte. Lembre-se do efeito Zeigarnik: aquela tarefa que você não terminou e que ficou para trás vai te importunar enquanto você atropela os processos. Uma sensação de estrutura é mais confortável e leva a melhores resultados do que começar 500 coisas de uma vez e não terminar nenhuma.

Espero que essas dicas ajudem. Depois volte aqui e me conte se elas te ajudaram a focar melhor.

Até mais! 

Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

4 COMENTÁRIOS

  1. Legal essas dicas. Quando eu retornar às minhas atividades, vou lembrar da sugestão da máquina de escrever. ;)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela dicas! Fiz um teste lendo completamente o post, sem abrir outras abas de navegação ou redes sociais. Um pequeno passo, porém bem importante. :)

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado pelas dicas. Ultimamente as maiores dificuldades que encontro na verdade tem a ver com não encontrar um espaço tranquilo para escrever, mas as dicas são úteis quando eu achar. Ehehe.

    ResponderExcluir
  4. Lady,
    Gosto muito dos posts daqui. Também sou blogueira e escritora e aprecio muito seus posts sobre criatividade e produtibidade.

    Um beijo,
    Letícia

    www.dropandoideias.com

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.

O mesmo vale para comentários:

- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.

A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.