10 coisas que você não sabia sobre O Demolidor

O Demolidor (1993) é aquele filme bem Temperatura Máxima, com ação, humor leve e uma única personagem feminina que se sente atraída pelo mocinho. Em futuro nem tão utópico assim, o detetive John Spartan (Sylvester Stallone) é tirado da crioprisão para perseguir um criminoso psicopata que ele tentou prender décadas antes, Simon Phoenix (Wesley Snipes).




Dirigido por Marco Brambilla, o longa teve um orçamento estimado entre 40 e 70 milhões de dólares, tendo arrecadado cerca de 150 milhões em bilheterias pelo mundo. Estreou em primeiro lugar no fim de semana de abertura, com uma bilheteria doméstica de 58 milhões.

10. Jackie Chan
Para o papel do vilão, Simon Phoenix, Sylvester Stallone queria o ator Jackie Chan, de quem é muito amigo. Chan, no entanto, recusou o convite, já que a audiência asiática não gosta que atores que sempre interpretaram heróis, de repente, passem a interpretar os caras maus.

9. GM
A General Motors providenciou 18 carros conceito para a produção, incluindo o Ultralite, que é o veículo padrão da polícia de San Angeles e de alguns civis. Cerca de 20 réplicas em fibra de vidro foram enviadas para as gravações e o que sobrou a produção enviou para a fábrica da GM, para recompor sua frota de carros conceito.

8. Loiro
Wesley Snipes odiou tanto o cabelo loiro de seu personagem, o vilão Simon Phoenix, que assim que as gravações terminaram ele raspou a cabeça para não inspirar ninguém a tingir o cabelo. Logo em seguida, Dennis Rodman começou a tingir o seu.

7. Edição
A Warner Bros. detestou a primeira exibição do filme e chamou um editor para tesourar o filme. Por exemplo, John Spartan encontra a filha na versão original. É possível ver a atriz correndo junto dele durante o ataque aos esgotos. E na cena final, ela está perto de Edgar Friendly enquanto ele conversa com Spartan. Várias cenas de violência de Simon Phoenix também foram cortadas.

6. Adaptações
Como parte do lançamento do filme, uma série em quadrinhos dividida em quatro partes foi publicada pela Marvel, em novembro de 1993. E o escritor Robert Tine novelizou o roteiro com o mesmo nome em outubro de 1993. A Acclaim Entertainment e a Virgin Interactive lançaram também um jogo baseado em O Demolidor, em 16-bits, com cenas gravadas por Snipes e Stallone exclusivamente para o game. Teve máquina de pinball também.

5. Crioprisão
Stallone levou cinco horas para gravar as cenas de seu congelamento e o ator alega que foram as horas mais desconfortáveis que ele já teve em uma gravação. Réplicas do cubo de gelo com Spartan dentro foram colocadas nos restaurantes da rede Planet Hollywood, já que Stallone é um dos sócios originais.

4. Admirável Mundo Novo
O roteiro foi inspirado pelo famoso livro de Aldous Huxley. Tanto que a personagem de Sandra Bullock se chama Lenina Huxley em homenagem ao autor.

3. As três conchas
Um dos maiores mistérios do filme é como se usa as três conchas no banheiro. O roteirista Daniel Waters disse que a inspiração para as conchas surgiu de uma conversa com um colega, também roteirista. Ele estava sem ideias para tornar o banheiro futurista e ligou para o amigo que, por coincidência, estava no banheiro. E enquanto trocavam ideias, ele falou que o banheiro era decorado com conchas. Daniel gostou da ideia, mas nunca explicou como elas funcionam.

2. Plágio
O escritor húngaro de ficção científica, István Nemere, alegou que grande parte do roteiro de O Demolidor foi baseado em seu livro Holtak harca (Luta dos Mortos, em tradução livre), em que um terrorista e seu inimigo número um, um soldado de uma unidade de contra-terrorismo, são criogenicamente preservados e despertados no século XXII, descobrindo que a violência foi eliminada da sociedade. Nemere alegou também que um comitê atestou que o livro e o roteiro tinham 75% de semelhança, mas o autor decidiu não processar a Warner Bros., porque sairia caro demais brigar com uma gigante corporação do entretenimento. O autor ainda acusou Hollywood de plagiar muitos autores do Leste Europeu com a queda da Cortina de Ferro e que até conhece a pessoa que vendeu seu livro para o Ocidente. Babado!

1. Processinho
Quem abriu processo contra a Warner Bros. foi Sylvester Stallone, em 2017. Ele alega que até hoje, quase trinta anos depois do lançamento do filme, ele não recebeu sua porcentagem dos lucros da bilheteria. O processo está correndo em segredo.


Já pegou suas três conchas? Até mais!

Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

2 COMENTÁRIOS

  1. Meu Deus eu amo esse filme apesar dos clichês, ficou na minha memoria afetiva ♡, nao sei qtas vezes vi na infância.

    ResponderExcluir
  2. Filmaço. Ótimo artigo. Muita coisa interessante!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.