5 Mulheres Inspiradoras da Ficção Científica

Já sabemos que personagens femininas bem construídas e interpretadas são uma ferramenta poderosa. Elas servem de exemplo, de inspiração, de modelo para outras mulheres. É por isso que a representatividade importa, pois ela inspira, mostra possibilidades que muitas vezes não enxergamos. Por isso, pensando no 8 de Março e na ficção científica, resolvi lista 5 grandes inspirações para mim e um prêmio especial!

#WeCanNerdIt #8deMarço




Lembrando que elas foram ou são inspiração para MIM. Por isso, deixe nos comentários quais são as cinco mulheres maravilhosas da ficção científica (ou fantasia, se você curte mais) que te inspiram, que te fizeram sorrir em um dia ruim, que te mostraram que sim, é possível mudar, conseguir o que quer, lutar contra o mal ou derrotar aliens malvados.

Coronel Samantha Carter
Onde: Stargate SG-1 e Stargate Atlantis
Por que inspira: Sam é a astrofísica que conseguiu entender a ciência por trás do Stargate e o botou para funcionar. Tendo voado em espaço aéreo inimigo e lutado com mais inimigos do que pode contar, era uma mulher que precisava lidar com o preconceito justamente por ser mulher em diversas missões que participou. Inclusive, ela colocou seu próprio oficial superior no chinelo, na época o Coronel O'Neill, quando ele tentou menosprezar seu conhecimento científico. O que Sam nos ensina é que é sim possível ser durona, cientista, mulher, ter sentimentos e ser competente no trabalho. Os babacas vão existir, mas eles não podem nos impedir.

Capitã Kathryn Janeway
Onde: Star Trek Voyager
Por que inspira: Janeway não é apenas uma incrível personagem feminina tendo que trazer sua nave e sua tripulação de volta para casa, atravessando território inóspito e não cartografado da galáxia. Ela inspira porque não traiu seus princípios ao fazer isso. Enquanto muitos caras da audiência misógina tiraram sarro de uma capitã de uma nave estelar, Janeway passeou lindamente na cara de todos eles. Enquanto muitos caras quebrariam todas as regras para voltar rápido para casa (capitão Ransom, você mesmo), ela preferia morrer - quem sabe até mesmo matar - para manter a lei e a ordem. Sem contar que era uma cientista.

Agente especial Dana Scully
Onde: Arquivo X
Por que inspira: Dana inspirou tantas mulheres durante os anos 90 que existe até o chamado Efeito Scully, em que mulheres, inspiradas pela personagem buscaram carreira na medicina, ciência e até no FBI. Outras inspiradas pela independência e força da agente seguiram carreiras que queriam há muito tempo ou perceberam que tudo bem mudar de área, você pode ser boa no que faz se for dedicada, apaixonada pelo que faz, livre para errar, mudar de ideia ou opinião e ainda assim aprender muito, todos os dias.

Ellen Ripley
Onde: franquia Alien
Por que inspira: Ripley é a maior heroína de ação da ficção científica. Ridley Scott até tentou criar novas Ripleys em Prometheus e Covenant, mas não conseguiu. O papel catapultou a carreira da atriz e até hoje representa força e coragem em momentos em que não se pode contar com mais ninguém. Ripley nos ensina que você é tudo o que você tem e haverá momentos em que isso é o que basta.

Comandante Susan Ivanova
Onde: Babylon 5
Por que inspira: Susan precisou provar coragem e determinação em um momento político caótico na estação Babylon 5. Podia ser atenciosa e brutal ao mesmo tempo, podia pilotar caças de combate e ainda proteger civis. Susan nos ensina determinação e coragem, confiança e entrega, inteligência e observação quando é necessário. Partida várias vezes pela tristeza e pelo abandono, Susan também mostra que é possível se curar disso e seguir adiante.

Prêmio Momentum Saga de Maior Influência EVER
Tenente Nyota Uhura
Onde: Star Trek Série Clássica e filmes
Por que inspira: sabe quando alguém possui uma influência tão grande, mas tão grande, que é preciso separá-la de outras indicações? Quando a atriz Nichelle Nichols quis sair de Star Trek, ninguém menos que Martin Luther King pediu que ela ficasse. Se Nichelle saísse, eles colocariam uma moça branca e loira no lugar e sua presença seria esquecida. A bravura de Nichelle em resistir, ainda mais em um momento social e político tão conturbado, para mostrar uma humanidade unida, que superou as diferenças, faz de Uhura uma das grandes influências para a ficção científica e para todas as fãs que se inspiraram em sua figura na ponte da Enterprise. Por isso ela vem em separado, já que foi pioneira em tanta coisa.

E agora é a sua vez! Coloque as suas nos comentários!

Até mais!

Já que você chegou aqui...

COMPARTILHE

Seja o primeiro a comentar.

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, com Desconhecido ou Unknown no lugar do nome, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.