10 coisas que você não sabia sobre Lunar

domingo, dezembro 17, 2017

Lunar (2009) é outro daqueles filmes subestimados com uma grande discussão e uma grande atuação de Sam Rockwell. Com o término do turno de três anos de Sam Bell, ele está ansioso para voltar para casa e para a família. Sofrendo de fortes alucinações e dores de cabeça, Sam acaba sofrendo um acidente e conhece uma versão sua, mais jovem. Ele então decide resolver o mistério de sua origem antes que os funcionários da empresa que o contratou cheguem.




Dirigido por Duncan Jones, seu primeiro filme, que escreveu o roteiro com Sam Rockwell, é uma produção britânica. Teve modestos 5 milhões de dólares de investimento para ter um retorno de apenas 10 milhões em bilheteria, mas foi bem recebido pela crítica e pelo público, ganhando status de filme cult pouco tempo depois. Foi indicado ao BAFTA por Melhor Filme Britânico. Também ganhou o Hugo Awards em 2010 por melhor apresentação dramática.

10. Sam Rockwell
Duncan Jones queria muito por trabalhar com Sam, mas nunca surgia um papel ideal, na visão de Duncan, para que Rockwell pudesse interpretar. Desta forma, os dois roteirizaram a história para que Rockwell pudesse ser o protagonista.

9. Gavin Rothery
Gavin Rothery era o supervisor de efeitos especiais do longa. Por ter o mesmo peso e altura de Sam Rockwell, ele acabou fazendo várias cenas em que era preciso filmar Sam e seu clone. Gavin também foi parte do time de resgate da empresa que entra na cabine do rover acidentado, no final do filme. Os outros membros da equipe de resgate são o co-diretor do longa e o diretor de fotografia. As armas da equipe são todas armas de paint-ball.

8. Where are we now?
A frase de abertura do filme é Where are we now?, música de 2013 de David Bowie, que era pai do diretor, Duncan Jones.

7. Lua
As cenas que mostram o exterior da base lunar foram todas feitas com modelos, com poucos efeitos especiais. Para simular a gravidade, Sam Rockwell ficava preso em cabos para fazer a "caminhada" lunar. As filmagens levaram 8 dias.

6. Gerty
O computador da base, único companheiro do astronauta Sam, foi dublado por Kevin Spacey, que só concordou em dublar o robô apenas com o filme já gravado e se ele gostasse do filme. Em meio dia ele gravou as falas do robô, depois de gostar do que assistiu. Metido.

5. NASA
Duncan apresentou o filme para uma equipe de cientistas da NASA para ter algumas ideias a respeito de uma base lunar. Quanto lhe perguntaram sobre a construção da base em si, ele disse que achava mais plausível que os astronautas a construíssem com material retirado da própria paisagem da Lua. Uma cientista então disse que a agência espacial estava trabalhando em um "concreto lunar" feito com o regolito da superfície do nosso satélite.

4. A base
A base lunar foi criada em miniatura em um estúdio de 360°, medindo 27m de largura e 21m de comprimento. O diretor Duncan Jones trabalhou com Bill Pearson, supervisor da construção de modelos de Alien, O Oitavo Passageiro, para a criação das maquetes.

3. Sarang
O nome da estação onde Sam trabalha e mora é visto em vários tubos de transporte de minérios - Sarang - escrito em coreano e em inglês. Em coreano, sarang quer dizer "amor".

2. The One and Only
A música que toca quando o alarme de Sam toca na base é The One and Only, do cantor britânico Chesney Hawkes. É uma ironia pelo fato de Sam ser um clone.

1. Quincunce
Um quincunce é um arranjo de cinco pontos, onde um ponto é circundado pelos outros quatro. É um padrão que aparece em várias cenas do filme e é um símbolo para prisão, sendo que a pessoa representa o ponto central, circundado pelos quatro que significam os muros da prisão.


Vamos assistir? Até mais!

Já que você chegou aqui...

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

2 comentários

  1. Eu conheci este filme apenas ano passado, não me lembro em que canal assisti.. Gostei da trama!

    ResponderExcluir
  2. Você é genial Lady Sybylla. Sucesso sempre !!!!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, em caixa alta, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Curta no Facebook

Viajantes