Organize-se com o Evernote

terça-feira, janeiro 28, 2014

Uma das minhas metas para 2014 foi aprender a usar o Evernote para me organizar. Eu já tinha uma conta antiga nele, utilizando pelo browser mesmo, mas não tinha baixado o programa porque não tinha me acostumado à sua interface. Tentei ferramentas de organização do próprio Chrome, como o Gliffy, o Google Keep, mas ainda não tinha chegado ao que eu queria, não estava me ajudando. Aí resolvi deixar a teimosia de lado e "caí pra dentro" do Evernote e não me arrependo.



A tarefa de organização de armários, gavetas e guarda-roupas aqui em casa é minha. Mamãe diz que sou um primor de organização. Não é bem assim, eu também faço minhas bagunças, mas sempre digo que elas têm método. Mas nem sempre encontro tudo o que preciso. Eu costumava usar cadernos e blocos para fazer anotações. O problema é que com o tempo você acaba com uma pilha deles e nenhum método de organização.

Graças à internet, me deparei com o blog Vida Organizada, onde a Thaís, que é fera em organização, dá dicas para que as pessoas possam otimizar suas vidas e assim comecem a dar um fim da tralha e na desorganização. Já consegui fazer bastante coisa. Por exemplo, semana passada eu fiz uma limpa nas gavetas da cozinha. Terminei com duas gavetas vazias, onde todas as seis estavam ocupadas e um sacão de lixo com papelada inútil.

Por que o Evernote?

A vantagem dele é poder usar de qualquer lugar. Se eu não estiver no meu computador e precisar acessar uma nota, posso usar um computador qualquer, entrar no endereço do Evernote na web e acessar. Mas e se eu estiver no ônibus? Sem problema. Ele tem um aplicativo para smartphones, sincronizado com seu computador, com a web, tudo ali na sua mão.

Várias plataformas para sua comodidade.

No começo, eu era usuária básica, usava gratuitamente o Evernote. Mas assim que instalei o app no celular, por ser cliente Vivo, ganhei um ano grátis do serviço Premium, que custa 90 reais ao ano. Isso traz mais espaço de armazenamento, mais funcionalidades que ainda estou descobrindo, mas que já adianto têm me ajudado bastante, inclusive aqui no blog.

Como ele funciona?

Ele é como um caderno digital. Ou um lugar para você juntar todos os seus blocos de notas. Com o programa instalado no computador, ele funciona em segundo plano e assim com um click você pode entrar e anotar o que quiser. Além disso, ele possui também o chamado "webclipper". Tudo o que eu vejo online, uso o web clipper para marcar e salvar no Evernote do jeito que eu quiser.

Por exemplo. Quero salvar o post do Vida Organizada chamado 3 Maneiras de Diminuir o Ritmo. Eu entro no post e clico no símbolo do webclipper na minha barra (viram quantos favoritos eu tenho??)


Ele abrirá uma aba lateral. Ali eu posso escolher se quero o artigo completo, com todas as formatações da web, se quero simplificado (meu preferido), se quero marcar algo, colocar algum sinal, marcador, ou grifar. Posso selecionar o caderno onde vou guardar a informação e quais as etiquetas (tags) o marcarão, para ficar tudo bem fácil de achar.


Os cadernos

Dentro do Evernote, criei cadernos diferentes para poder guardar o que preciso. O caderno Blog é onde separo páginas para futuras postagens. Por exemplo, estou escrevendo um post sobre patentes de genes. Então dentro do caderno, guardo tudo o que acho sobre o assunto, leio, me informo e vou escrevendo.

No Control Journal estão informações pessoais e da casa. Por exemplo: minha mãe usa medicação de uso contínuo, então eu tenho dosagem, data para pegar no posto de saúde, o endereço e o telefone do posto e da farmácia mais próxima que entrega em casa anotados. É onde faço listas de compras, onde estão dados de documentos, a data em que o gás foi comprado e a estimativa de quanto acaba. O domínio do Saga vai expirar, então tenho a data programada para o pagamento para o blog não sair do ar. Ou seja, eu centralizei em um lugar só para sempre ter a mão tudo o que e quando preciso.

A interface o Evernote no desktop.

No caderno Mestrado tenho páginas salvas, informações sobre a data limite para o depósito da dissertação, quantos créditos já tenho e quantos ainda preciso, quais disciplinas cursei e as notas, quais vou cursar. Que documentação preciso, quais livros peguei na biblioteca e a data de devolução, etc., etc.. Você pode criar quantos cadernos quiser, com quantas notas achar necessário e assim manter sua vida um pouco mais organizada. Com o app, você pode tirar fotos e enviar direto para o Evernote.

Mas e quanto à segurança, você pergunta? Se eu perder meu celular, ou se roubarem, estes dados estão expostos, certo? Você pode criptografar essas informações ou ainda colocar uma senha no Evernote do smartphone. Assim, se ele for perdido ou roubado, as informações estarão inacessíveis.


Minha tarefa, de agora em diante, é reduzir o número de favoritos e abrir mais cadernos no Evernote para salvá-los lá dentro. Assim, mesmo sem internet, posso acessar o que precisar e desentulhar o navegador, onde tenho dificuldades de achar as coisas, mesmo separados em pastas. Não mantenho nenhum arquivo no desktop, apenas atalhos de programas e ainda assim apenas os que uso com mais frequência. Os que uso quase diariamente ficam na barra de tarefas do Windows. Os arquivos estão salvos na pasta de usuário do Windows e no HD particionado do notebook.

Organização é questão de costume. Você deve colocá-la como uma rotina para que seja feito no automático com o passar do tempo. Mesmo com o Evernote, eu ainda uso um caderno que carrego comigo, onde posso fazer as anotações mais apressadas. É uma caixa de entrada, pois não confio mais na memória. Tudo de informação que chega, eu anoto neste caderno, separado por abas com cores diferentes. O que posso resolver imediatamente resolvo, o que precisa de maior preparação, vai para o Evernote. Também é possível fazer anotações à mão nele. Uma mão na roda para quem curte fazer diagramas ou esboços e precisa salvá-los em algum lugar.

Abaixo, alguns posts para ajudar na organização. Inspire-se!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris