Internet vazia

segunda-feira, março 12, 2012

caderno vazio
Tenho que admitir. Estou desapontada com a blogosfera. Estou desapontada com a internet. Vejo uma proliferação de bobagens e um descrédito dado àqueles que ainda querem e podem fazer um bom trabalho. Vejo uma patrulha de falsa moral desesperada por encontrar erros de português para corrigir, ideias a combater, idiotices para disseminar. O excesso de bobagens me incomoda bastante. É o que eu chamo de "mememização da internet".

Siga a Sybylla no Twitter - @Sybylla_



O que é um meme? Espantaria dizer que o meme é um termo criado por Richard Dawkins em seu famoso livro O Gene Egoísta? Pois é. Meme é para a memória o que o gene é para o DNA. É considerado uma unidade de informação que se multiplica de cérebro em cérebro ou entre locais de armazenamento de informação. É uma unidade cultural que se autopropaga de alguma forma ou por alguma razão.

De acordo com o Wikipedia:

Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autônoma. (...) Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo meme pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra.

O meme na internet é algo semelhante. Tem a mesma característica de grudar na cabeça, a diferença é que se propaga pela rede mundial de computadores, em especial pelas redes sociais, numa velocidade incrível. Eu não vejo mal algum em compartilhar coisas engraçadas. O mal está em usar a excelente ferramenta que é a internet APENAS e EXCLUSIVAMENTE para isso e ter trocentos blogs especializados nisso.

Fiz uma busca rápida sobre memes no Google e ele encontrou 44.500.000 resultados para memes. São as mesmas piadas, as mesmas bobagens que eu vejo compartilhadas por aí ou que recebo por email. A encheção de saco com esse tipo de informação foi tanta que eu fiz uma limpa no meu perfil do Twitter e do Facebook, porque não dava mais. Eu percebo que as pessoas possuem a internet e o mundo nas mãos, mas não sabem usar. Elas não geram conteúdo, geram entulho.

muito irritada

Eu gosto de rir. Gosto de ler e ver coisas engraçadas e me divertir. Rio à toa, mas quando vejo uma série de blogs repetindo piadas, repetindo imagens e vídeos sem o menor propósito, sem conteúdo, sinto como se eu estivesse aqui perdendo o meu tempo. Vejo outros blogueiros reclamando sobre o mesmo assunto. O cidadão cria um blog, vai numa página qualquer, às vezes uma que fala também de memes e coisas toscas, copia e cola o conteúdo e se diz blogueiro. E o blogueiro, que expõe e trabalha ideias, que pesquisa, que tem algo a passar? Os blogs surgiram em essência para isso, gerar informação, gerar ideias, debates, opiniões... O máximo de debates que eu tenho visto em alguns blogs é um LOL nos comentários... ou um "Muito bom".

As pessoas parecem substituir o contato social pelo conteúdo bobo que rola pela rede. Ao invés de sentar com os amigos numa mesa de bar para contar piadas, tirar sarro e conversar, as pessoas preferem abrir um blog e ver figura. E mesmo aquelas que estão numa mesa de bar muitas vezes estão no seu smartphone acessando o mundo virtual e deixando a socialização - física, quero dizer - de lado. Estamos criando uma sociedade de conectados e isolados.

Espero ter ânimo para continuar blogando, até porque eu gosto de blogar. Mas às vezes sinto que estou falando sozinha...

Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris