Ficção científica no design de interiores

quinta-feira, março 24, 2016

Ficção científica costuma estar associada ao arrojo, ao futuro. Sabemos que nem sempre é verdade, já que temos os universos steampunk, por exemplo. Mas é fácil notar algumas similaridades entre vários enredos de ficção científica para sacarmos que há sim uma tendência visível neles.




É normal ver gente associar ficção científica com escapismo, uma diversão, uma forma de entorpecente para se desligar da realidade. Ninguém, além do fã mais engajado, gastaria para redecorar seu quarto como se fosse o interior da Enterprise. Mas a FC está nos detalhes. Pode ser na sua casa, pode ser num café, numa loja, num carro. Um relógio, um abajur mais arrojado, é aí que reside a diferença.

Esta visão futurista associada à ficção científica não costuma agradar a muita gente, mas como disse, os detalhes é que fazem a diferença. Podem ser em objetos, podem ser lustres e superfícies reflexivas e retas, cenários como os de Star Trek, TRON, Star Wars, podem ser achados com frequência. Não é preciso transformar toda a sala em uma ponte de um cruzador imperial. Todo o cenário da casa do pai de Flynn, em TRON, O Legado, foi construído pela DuPont, e o filme é considerado o melhor redesign na ficção científica nos últimos tempos.

Escritórios de design pelo mundo transportam cenários futuristas para dentro de apartamentos e casas, como o A-cero Arquitectos, na Espanha e o Bozhinovski Design, na Bulgária. Eles unem superfícies lisas, cromadas, tons de branco, cinza e componentes naturais como madeira, plantas e cortiça, para criarem espaços que nos remetem o futuro, mas com um pézinho na realidade.

Mas o arrojo pode estar também nos materiais. De pedras sintéticas a fibra de carbono, os materiais novos, alguns até produzidos em impressoras 3D, estão em uso em salas, escritórios, quartos e cozinhas. A Tomorrow Machine e Innventia desenvolveram vários produtos auto-limpantes, feitos inteiramente de celulose. A Philips e a Desso combinaram luzes de LED com fibras transmissivas para criar um tapete, o Luminous Carpet, onde um app cria padrões e texturas diferentes, podendo até servir de guias no chão para serem usadas em escritórios ou estádios por exemplo, ou em casas de deficientes auditivos.

O futuro promete, até mais!




Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

3 comentários

  1. MINHADEUSA, eu tô morrendo! Eu tô morrendo com esse blog LINDO E MARAVILHOSO E MAGNÍFICO E BEM ESCRITO E CHEIO DE REFERÊNCIAS e mds, mal te conheço, já te amo. <3 Conheci teu blog por indicação de um amigo, que me mandou um e-mail agora há pouco, e sabe que sou fascinada por sci-fi. Eu fiquei contente demais em ver uma mulher arrasando, escrevendo com muita propriedade, sobre um assunto que eu simplesmente amo. Parabéns pelo teu trabalho, fiquei encantada com o li na página "Sobre" aqui do blog, inúmeras referências e trabalhos maravilhosos e enfim, preciso nem falar da organização maravilhosa daqui! De verdade, adorei.

    Parabéns e vou voltar sempre! ♥
    4sphyxi4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda, tripulante!

      Fiquei muito feliz com o seu comentário e com a visita. Curti muito o seu blog! Altas referências bacanas e suas fotos são lindas.

      Circule pela nave, fale com os outros tripulantes, leia e consuma o blog, ele está aqui pra você ler.

      Saudações da capitã, beijas!

      Excluir
  2. O único adorno futurista que encontrei na internet e quase comprei (o preço era absurdo) foi uma réplica do painel do supercomputador HAL 9000, que inclusive respondia a comandos de voz. Estava pensando em colocá-lo na porta da minha geladeira, para me ajudar com o regime:
    "HAL, abra a porta"
    "Desculpe, mas não posso fazer isso..."

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris