TAG: Arrependimentos Literários

terça-feira, março 17, 2015

Na vida de leitor sempre tem arrependimentos. Alguns mais, outros menos, mas todos temos alguma decepção, alguma coisa que deu ruim, algo que dá aquele desgosto só de lembrar. Pode ser aquele livro caro demais, ou aquele livro que a gente emprestou e não voltou, ou o livro que não foi lançado no Brasil. Esta TAG é sobre este avassalador sentimento de arrependimento que bate na gente quando o assunto são os livros.





Essa TAG foi um convite da Sam, do Meteorópole, praticamente sócia-torcedora aqui do Saga! Publicando junto temos o Habeas Mentem e o Tiozinho Nerd.


1. Qual livro você se arrependeu de comprar porque “logo depois” encontrou por um valor bem mais baixo?
King of Thorns. Paguei com um rim por ele e depois encontrei, na mesma loja (Submarino), por bem menos que isso um mês depois. E hoje tá mais barato ainda. Que raiva!

2. Qual livro você se arrepende por não ter lido antes?
A Torre Acima do Véu, da Roberta Spindler. Me surpreendeu de várias formas, especialmente por não ter uma protagonista tapada tentando decidir se vai transar com o boy ou não.

3. Se arrependimento matasse, qual livro lido seria o responsável?
O Festim dos Corvos, de George RR Martin. Chamaria George pra tomar uma e pergunta "cara, pra que isso??".

4. Em relação ao mundo literário, do que mais se arrepende?
Queria ter lido mais na adolescência. Lia aqueles paradidáticos, especialmente os da Coleção Vaga-Lume, mas queria ter lido além disso, sair do básico.

5. Já se arrependeu por emprestar algum livro?
Muito. Vários livros meus não voltaram e um deles voltou detonado, sujo, amassado. E era O Silmarillion, do Tolkien. Tive vontade de socar a pessoa.

6. Qual autor você não se arrepende de ter dado uma chance?
Steve Berry. Ele tenta dar uma de Dan Brown, mas seus livros entregam o jogo logo no começo. É extremamente cansativo apesar de suas ideias e de sua pesquisa serem muito boas. Não me arrependo de ter lido, mas não leio mais nada também!

7. Se você tivesse que escolher apenas um autor para ler pra sempre, escolheria sem arrependimentos...
Apesar de ter passado muita raiva com ele, seria o George RR Martin. Adoro a estrutura narrativa dele. Seus livros são imensos, mas a gente nem sente o tamanhão deles.

8. Uma frase relacionada a esse sentimento:
O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes.

Cora Coralina


Quem quiser responder à TAG pode responder aqui embaixo mesmo pelos comentários ou então responder em seu blog e mandar o link pra cá. Você tem arrependimentos literários? Contaí!

Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris