5 dicas para blogueiros perdidos

quinta-feira, novembro 27, 2014

Quando comecei o blog, eu o comecei como uma versão de testes para poder aprender a mexer no blog da escola em que eu trabalhava. Tanto que eu demorei para começar a postar nele porque era só um lugar de experimentação. Depois ele adquiriu um caráter mais permanente e o domínio. Eu apanhei muito, mas muito mesmo do sistema do Blogger até conseguir aprender o mínimo para manter um blog funcionando. Achei que seria interessante colocar algumas dessas coisas num post para ajudar blogueiros que estejam começando ou que queiram ousar um pouco mais.





Algumas dessas dicas eu soltei no Twitter não tem muito tempo. Aprendi tudo o que sei com metablogs e existem ótimos portais por aí como o da Helen Fernanda, Mundo Blogger, Ferramentas Blog e o Gerenciando Blog.


5. Tenha um bom template
Tanto Blogger quanto Wordprees possuem modelos próprios e gratuitos. No caso do Blogger, a customização é maior e não é necessário pagar um servidor próprio para manter seu blog. No entanto, eles ainda apresentam algumas limitações e parecem meio iguais. Desde o começo eu tive problemas com os templates originais do Blogger e parti para a customização. Até que achei o BTemplates, de onde vieram dois dos três templates anteriores do Saga. O template atual foi feito pela lynda Marta Preuss, pois ele é responsivo, ou seja, se adapta às mais variadas telas de diversos dispositivos.


4. Utilize imagens de alta resolução e ocupe todo o espaço do post
Costumo ver em muitos blogs por aí que as imagens dos posts são demais para pouco texto ou então que são muito pequenas. Evite de todas as maneiras utilizar imagens pequenas demais para seu post. Elas ficam pouco nítidas e muitas delas atrapalham a leitura. Costumo procurar por imagens para posts em sites de wallpapers e no deviantART. Especialmente se preciso de imagens de ficção científica. Uma dica valiosa é saber quantos pixels de largura tem sua área de postagem. E isso é na base da tentativa e erro.


A minha área, por exemplo, tem 650px, mas minhas imagens sempre têm 630px de largura máxima porque elas têm uma borda automática. A imagem acima tem 630px exatos. O problema é que o editor de textos do Blogger não deixa a imagem do exato tamanho da minha área de postagem, então sou obrigada a ir para o editor de texto em HTML e lá digitar o tamanho que eu quero. Na verdade, não uso o modo Escrever do blog porque coloquei todas as condicionais que preciso para o texto (justificado, títulos, tamanho da fonte) direto no template. Apenas escrevo no modo HTML e quando ele é publicado sai todo certinho, sempre padronizado. Fica aí uma dica, mas lembre-se que mexer no HTML do template precisa ser feito com muito cuidado.

Personalizando a área do Post – (Parte1)
Personalizando a área do Post – (Parte2)
Personalizar os Titulos dos Posts no Blogger

3. Para edições simples das suas imagens, utilize o Picture Manager ou o PicMonkey
Quem tiver o pacote do Office instalado no computador vai perceber que vem um programinha com ele chamado de Picture Manager. Às vezes as imagens que encontramos são grandes demais, precisam de um recorte e um toque de contraste. Neste caso, não precisa abrir um Photoshop para fazer ajustes que são simples. Este é o programa que uso para tudo quando preciso editar alguma coisa, diminuir, cortar, clarear, girar e inverter.

Mas vamos supor que você queira um toque vintage na imagem ou escrever alguma coisa. De novo, nem precisa abrir Photoshop. O PicMonkey é uma mão na roda na hora de fazer este tipo de ajuste. Ele tem a versão free e a versão paga, mas mesmo no gratuito é possível operar verdadeiros milagres em imagens.


2. Tenha um ritmo de postagens
Por um período bem curto cheguei a postar todos os dias. Mas não aguentei produzir tanto conteúdo e tinha a nítida impressão que o leitor não apreendia tudo o que era apresentado. Conforme os meses foram passando, acabei me ajeitando e me acertando num ritmo que me pareceu bem cômodo, que dá para produzir conteúdo e ainda me deixa respirar. Com dois posts na semana e uma resenha aos sábados, eu consigo não apenas colocar a leitura em dia como consigo trabalhar com os posts.


Ficção científica não é algo que tem um público leitor muito grande, então não adiantava postar todos os dias. Se você se sente bem em produzir conteúdo diário e tem leitores para isso, este é seu ritmo. Se seu tempo é exíguo e precisa de mais tempo, talvez um post semanal seja uma boa. O principal é ter uma rotina para que você não se canse, nem abandone seu blog.


1. Escreva sobre o que você gosta
Não adianta criar um blog de culinária se você só sabe ferver água. Assim como não adianta ter um blog literário se você não gosta de ler. Tenha um blog onde você possa se expressar, onde você possa tratar dos assuntos que gosta e deixe isso bem claro para os leitores para que paraquedistas não cheguem nele achando que é uma coisa e no fim é outra. Trolls ainda existem por aí e eles são um pé no saco.

Lembre-se que seu blog é seu território. Não é obrigação sua receber comentários de ódio, ofensas, gente imbecil, babaca, que não tem uma laje para encher, mas fica criticando o trabalho dos outros. Um blog não é uma democracia, você não foi eleito para presidir um blog, é decisão sua abri-lo e mantê-lo, portanto ele é seu. Não alimente os trolls. Use um lancha-chamas poderoso chamado Moderação de Comentários. E suspenda os comentários se for necessário.


Outras dicas valiosas que já usei ou uso muito:

12 dicas essenciais para escrever artigos com qualidade
Gerador de faixas no canto do blog
Muitos padrões para fundo de blog
Como criar a caixinha com o link do seu blog para copiar e colar
Como dividir o conteúdo em colunas automáticas
Fontes Diferentes para usar no Blogger

Espero que elas sejam úteis. Visite os metablogs indicados, fuce, tenha um blog de testes e faça experimentações. É a melhor maneira de aprender a mexer na ferramenta e assim cuidar bem do seu espaço.

Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris