5 mitos sobre autores de ficção científica

quarta-feira, outubro 31, 2012

mito
Viver de livros no Brasil, sabemos, não é algo fácil. A grande maioria de quem escreve no país tem outra profissão e uma carreira paralela. São raras as exceções de quem vive de fato apenas das vendas de suas obras. Se for um autor de ficção científica então... vários mitos estão sobre eles.




5 - Todos eles são fãs de Star Wars e de Jornada nas Estrelas
Isso é batata de alguém perguntar quando a gente fala que escreve ficção científica. Eu sou mesmo fã de Jornada, mas não curto Star Wars tanto quanto outras pessoas também não curtem os trekers. Não é porque existe uma saga icônica que todos gostarão dela. Conheço gente que não gosta de nenhum dos dois. Mas e daí? Tem tanta coisa na ficção científica que é um reducionismo muito grande achar que só existam estas sagas.


4 - Todos eles são homens
Esse é outro mito muito comum. Parece um fenômeno galáctico quando alguém descobre uma mulher que é fã de ficção científica, como se fossem dois universos que se repelem infinitamente. Se podemos dizer que a ficção científica realmente começou com alguém foi justamente com uma mulher, Mary Shelley, a autora de Frankenstein. E o que dizer de Octavia Butler, uma das maiores autoras do gênero? Então, mito 4 derrubado também.


3 - Todos são esquisitos
É muito comum as pessoas pensarem no escritor como aquele cara celibatário, que curte a depressão enquanto escreve suas grandes obras, sempre antenados nas notícias subversivas da sociedade na tentativa de achar alguma conspiração para se inspirar. Ou é aquele que acompanha os portais de ufologia, lendo sobre os círculos nas plantações. Pode até ter algum por aí assim, mas eu afirmo que a maioria não é. Leva a vida comum e mundana de todos nós.


2 - Todos escrevem coisas inúteis
"Pra quê escrever ficção científica hoje com tanta tecnologia avançada no dia-a-dia?" Simples: a ciência sempre vai descobrir e inventar coisas novas, muita coisa ainda está por vir para que o gênero simplesmente acabe. Cabe ao autor de ficção científica bolar seus enredos em cima dessa ciência e de uma ciência fictícia para dar base ao que ele escreve. É presunção achar que ficção científica tem um dever para com a humanidade, enquanto o resto é visto como mero entretenimento.


1 - Todos preveem o futuro
Já falei isso em outro post, mas é uma cobrança constante em cima dos autores de ficção científica para preverem as novas tendências. Queria ver alguém pressionando Tolkien para produzir o Um Anel ou o George RR Martin para chocar um dragão. É impressionante o nível de críticas em cima da ficção científica só porque aquele grande clássico distópico não acertou na previsão. Ficção não prevê o futuro, ela serve para evitá-lo, já dizia o grande Ray Bradbury.


Apesar de valer para escritores do formato livro, essa lista vale para os redadores e roteiristas de séries de TV e filmes. E você? Acha que falta mais algum mito aí? Quem sabe uma lista sobre os mitos com os fãs e leitores de ficção científica? Se tiver alguma sugestão, deixe nos comentários, vamos montar uma nova lista com esse tema.

Até mais!



Esta lista foi inspirada nesta outra aqui: Robert J. Sawyer - Five myths about science fiction writers

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris