Ficção científica precisa de ciência

quarta-feira, outubro 19, 2011

Ficção científica
Ficção científica vem se estabelecendo, ainda que aos poucos no Brasil, como um gênero de respeito, não mais uma coisa amadora, feita em pulp fictions. Eu já falei dessa questão em outra postagem. Mas se tem um desafio que os escritores e roteiristas precisam superar é a qualidade de sua produção e a veracidade da ciência aplicada na obra. Se FC não tiver ciência, ela perde seu sentido original.

Siga a Sybylla no Twitter - @Sybylla_



Em uma postagem passada eu questionava a veracidade científica de alguns filmes famosos e alguém comentou que não entendia porque eu questionava a ciência deles se ficção científica é um gênero onde se pode extrapolar e criar coisas fantásticas. Vamos fazer um porém aqui. Se um filme de ficção científica mostra eventos espetaculares, o expectador tem condições de ir na internet e procurar saber se aquilo é de fato verdadeiro ou se é só uma licença poética feita pelos roteiristas. Muitas coisas hoje a gente já sabe que são impossíveis, como som no vácuo, por exemplo. Vários filmes como Star Wars, adicionaram esse efeito em seus roteiros, mas isso não tirou do filme sua credibilidade pois o enredo é envolvente e cativa os expectadores. Battlestar Galactica por sua vez não faz uso dos sons no vácuo, tudo o que você ouve é o som do tranco causado pelo impacto no casco das naves.

Cientista
Mesmo que uma pessoa não seja cientista, ela tem capacidade de perceber erros grosseiros em filmes. O mega sucesso Avatar tinha tudo para me ganhar como um grande filme de ficção científica não fossem aqueles montes flutuantes com água que vem de lugar algum. Ali era algo desnecessário, do meu ponto de vista, bem como vários colegas geógrafos e geólogos também chiaram a respeito. Mas não tirou do filme o mérito sobre o enredo, além de ter sido bem feito.

A informação hoje não é algo restrito, ela não está mais fechada nos círculos acadêmicos e escolares, ela está disponível através até mesmo de um celular. Uma pessoa será capaz de compreender se uma ciência é corretamente aplicada a uma obra de ficção científica ou não. Mesmo que existam licenças poéticas feitas para tornar as obras mais atraentes, quanto mais veracidade ela tiver, mais ela atrairá leitores e expectadores. Se não tiver ciência a obra passa a ser uma ficção fantástica.

E você, o que acha da ciência em ficção científica? Extrapola demais ou tem de menos?

Até mais!

O Espaço Aberto Ciência e Tecnologia, do canal a cabo Globo News, vem fazendo uma série de reportagens sobre ciência nos filmes. Vale à pena dar uma olhada e assistir aos programas.

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris