E se você tivesse três desejos?

quarta-feira, outubro 12, 2011

lampada do genio
O episódio "Je Souhaite" de número 21, da sétima temporada de Arquivo X, é um dos meu favoritos. Ele traz um gênio, uma jinniyah na verdade, que ao ser desenrolada de seu tapete concede três desejos. Ela mesma foi uma pessoa normal que conheceu um gênio poderoso na França do século XV e ao escolher seu último desejo acabou se tornando um. Só que as coisas não acontecem exatamente da maneira prevista para aqueles que fizeram os desejos.

Siga a Sybylla no Twitter - @Sybylla_



Os dois agentes, Mulder e Scully acabam investigando o assunto e se depararam com pessoas que tiveram a posse do tapete e do gênio em seu interior. Mas os desejos das pessoas acabam dando errado. Por exemplo, logo no início do episódio o dono inicial pede um barco. E ela dá o barco a ele, que fica exposto do lado de fora do trailler em que mora com o irmão deficiente, sem condições de pagar os impostos, atraindo a atenção da vizinhança e da polícia. Quando ele morre e o irmão fica com a jinniyah, ele pede que seu irmão seja trazido de volta, e o morto volta, mas sem vida alguma.

Agente Mulder
Em outra parte do episódio, é o agente Mulder que tem direito aos desejos. O primeiro é a paz mundial. E a jinniyah deixa o mundo em paz, fazendo todos os seres humanos, exceto o próprio Mulder, desaparecerem. Percebeu? O modo como as pessoas fazem seus desejos acaba muito mal e o sentido original se perde. A própria jinniyah reclama que os pedidos são feitos por puro egoísmo e as pessoas não pensam antes de pedir, pois pedem para si próprias e não por um bem comum. Mesmo que o desejo de paz no mundo pareça ótimo, ela alerta que se nem Buda, Cristo ou Alá conseguiram mudar os corações de mais de 6 bilhões de pessoas, não seria ela que mudaria apenas para que o Mulder se sentisse bem.

Então eu pensei: e se fosse comigo? O que eu poderia pedir? Por mais que todo mundo precise de dinheiro, se eu desejasse isso, ela provavelmente encheria minha casa de grana, dinheiro vivo, mas como eu explicaria para a Receita Federal esse súbito enriquecimento? Eu não pedi uma quantia específica e se pedisse pouco para não chamar atenção, não adiantaria nada. Eu poderia pedir por ter uma excelente saúde, mas isso provavelmente me tornaria uma imortal e nada me desagradaria mais do que ver as pessoas que eu conheço e gosto morrendo enquanto eu fico por aqui.

coraçãoMesmo que você seja específico no pedido, será que ele pode ser realizado completamente? Assim, sendo fácil pedir e pronto? A própria Scully alerta que talvez a questão da especificidade do pedido seja apenas conseguida através de todo um processo para se chegar lá. E que isso não pode ser conseguido apenas com um pedido mágico e pronto.

O que você acha? Até mais!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris