Grandes marcas e suas cores

sábado, agosto 20, 2011

Quando o assunto é cores, os geógrafos entendem bem sua importância, pois afinal na hora de colorir mapas e criar legendas, a ordem, intensidade e proximidade das cores define o mapa ou a carta temática em si. Sabemos muito bem que elas podem ser usadas para influenciar o consumo, como aquela velha lenda urbana de que o vermelho e o amarelo estimulam a fome, o que caracteriza quase todas as embalagens de comida pronta, bolachas e outros alimentos calóricos.

Empresas também se valem das cores na hora de produzir suas logomarcas. Eu vi este infográfico primeiramente no ótimo blog da Femme Comunicações, mas originalmente ele foi criado pelo blog Colourlovers, que mostra as cores predominantes de 100 grandes e influentes marcas mundiais na internet.

Para compor o infográfico foram coletados dados do Alexia, Compete e Nielsen. O que é interessante notar é a predominância de algumas paletas de cores entre as marcas e como que marcas de nichos semelhantes utilizam praticamente os mesmos tons de cores, basta ver o caso do Facebook, Twitter e MySpace, todos em azul. Coincidência ou oportunidade?

 Siga a Sybylla no Twitter - @Sybylla_



(Clique para ampliar)
.

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris