Livros nacionais recomendados

sexta-feira, junho 10, 2011

Faz muito tempo que não indico nenhum livro aqui. Para acabar com esse hiato, escolhi algumas obras nacionais muito legais, bem escritas e criativas que valem à pena de ser lidas para derrubar um pouco o monopólio das obras estrangeiras nas estantes. Sem nhenhenhem, vamos à elas:



Estátuas de Sal - André Cardinalli
Devo admitir que assim que comecei a ler não botava muita fé no enredo. Mas isso passa logo, pois ele se torna um thriller intenso num futuro distópico onde a cidade de São Paulo foi destruída por um grande terremoto e os sobreviventes foram obrigados a abandoná-la e cercar as ruínas por muros. As aparências enganam muito. O interessante e posso dizer sombrio é pode passear pelas ruas desconfiguradas e pelos prédios destruídos e ver os nomes conhecidos.

Cyber Brasiliana - Richard Diegues
Cyberpunk nacional com tons que lembram Matrix numa narrativa envolvente, mostrando os personagens típicos de universos como este, porém tremendamente carismáticos. Moralmente ambíguos, violentos, perturbados, tudo isso combinado com o fato de que se passa num Brasil do futuro, quase utópico enquanto as nações antes desenvolvidas, disputam entre si num ambiente pós-guerra.

Poeira das Estrelas - Marcelo Gleiser
As perguntas fundamentais de todo ser humano há séculos - de onde viemos, para onde vamos, estamos sós no universo - são respondias à luz da ciência moderna de uma maneira bem intuitiva e sem pegar pesado nas explicações científicas que costumam afastar os leitores de obras escritas por astrofísicos. O leitor é levado ao passado da Terra e do universo para compreender os ciclos de criação e destruição para assim compreendermos a existência. Muito bom.

Senhoras da Guerra - Orlando Paes Filho
Sou suspeita para falar desse, pois participei ativamente da redação e confecção dele. Ele volta ao passado, na Inglaterra medieval, séculos após o fim da dominação romana, onde reinos galeses disputam o poder e precisam combater a grande invasão viking que aconteceu em 790 da era cristã. É um livro essencial para quem quiser ler Angus, o Primeiro Guerreiro do mesmo autor, para assim compreender o ambiente violento da época.

Bento - André Vianco
Outro universo distópico onde uma abandonada cidade de São Paulo tornou-se um covil de vampiros sedentos. Os sobreviventes da noite eterna, onde o mundo foi mergulhado em trevas tiveram que partir das cidades, buscando refúgios e buscando homens sagrados capazes de combater as ordas de vampiros. Um thriller de tirar o sono de muita gente. É um dos meus autores favoritos, sem dúvida.

Espero que goste!

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris