Futuro

domingo, abril 04, 2010

Somos testemunhas do nosso tempo, mas nunca compreendemos o tempo que passou e o que virá. Nunca pensamos no que deixaremos quando essa existência terminar. O que somos é o que fomos, eu ouvi uma vez. É interessante notar a tragédia do ser humano no dia a dia. Parece que a dor de viver nunca vai parar, não é mesmo?




Uma vez um aluno me perguntou se o mundo ia mesmo acabar em 2012. Ele ficou alarmado quando eu falei do Big Bang e depois do Big Crunch e de outras teorias sobre a expansão do universo e seu inevitável fim. Sei porque ele ficou assustado. Nossa vida exige um começo, meio e fim porque temos uma existência finita e muito curta. Ele tem razão de ficar com medo do futuro. Eu respondi que o mundo acabava todo dia. quando um cachorro era chutado por alguém, quando uma criança morria de fome ou quando uma mãe de família perde seu emprego. Fim do mundo é todo dia. Não é só com a queda de um meteoro.

Mas o mundo renasce toda vez que um cachorro recebe abrigo e comida, quando uma criança cresce saudável e quando uma família é unida. São essas ações que garantem que o futuro não será uma sucessão apenas de tragédias porque, convenhamos elas fazem parte da vida. As ações das pessoas boas não podem se perder no meio de ações más. Precisamos pensar no futuro mesmo que não participemos dele. Nossos descendentes certamente participarão. E o que será deles?

O futuro é feito e reinventado todos os dias. Nossas ações, escritos, conversas, piscadas e papos, nossos encontros com amigos e familiares. Na leitura do dia a dia, no livro que amamos, no filme que nos emociona ou que nos irrita. Não dá para escapar do futuro, mas podemos sempre pensar no melhor para ele. Não podemos também temer o futuro. Devemos temer o ser humano que não tem expectativa nem esperança, aquele dotado com a capacidade de destruir.

A nave Momentum Saga está de partida. Para o futuro, futuro no presente.

Sybylla

Fã do futuro e da ficção científica. Geógrafa, professora, blogueira, escritora de FC. Capitã da Frota Estelar. Esperando para voltar para o meu planeta. Leia mais.





Leia esses também...

0 comentários

ANTES DE COMENTAR:

Comentários anônimos, incompreensíveis ou com ofensas serão excluídos.
O mesmo vale para comentários:
- ofensivos e com ameaças;
- preconceituosos;
- misóginos;
- homo/lesbo/bi/transfóbicos;
- com palavrões e palavras de baixo calão;
- reaças.
A área de comentários não é a casa da mãe Joana, então tenha respeito, especialmente se for discordar do coleguinha. A autora não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem necessariamente as da autoria do blog.

Viajantes

Curta no Facebook

❤️


"A ficção científica é um substituto para todos os lugares que eu nunca vou alcançar nessa vida."

James W. Harris